terça-feira, 9 de agosto de 2022

TRANSUINTES DEVEM TER MUITA ATENCAO EM ITABUNA

CADEIRANTES E DEFICIENTES VISUAIS, OU NAO SOFREM NO  TRANSITAR NAS RUAS DE ITABUNA 

Ladrões roubam as tampas
para venderem em "ferro velho"
Aqui, rua Moura Teixeira 44, centro.
Ruas, avenidas e praças, cheias de impecilios: como "bocas de lobos"; caixa de registros de água; caixas de gordura; passeios disnevelados; tubos de sustentação de placas de propagandas ou indicativas; bancos de praça, fora do padrão e as puchadinhas nas área de servidão, utilizadas como garagem, são os principais problemas de locomoção para os transuintes de Itabuna.

Caso algum empresário da cidade realizasse uma pesquisa, neste sentido, com certeza, Itabuna ganharia o título  da pior cidades em locomoções de mobilidade pública do Brasil.

Um deficiente visual, um cadeirante ou  uma pessoa idosa, tem as naiores dificuldades de andarem pelas ruas desta cidade. Este é um setor que não leva nenhuma atenção de gestores, que deveriam olhar a questão como prioridade.

Uma questão, muitas vezes causada pela falta de fiscalização do próprio município  e com os vereadores "chupando os dedos!".  Um fato, que chega a ser desumano! E, levado a isso, constantemente, muitas pessoas estão sofrendo acidentes, a toda ora, até mesmo, fraturando pernas e braços, por transitarem nesse cenário. 

Uma dessas  vítimas, foi o jornalista Joel Filho, que até hoje faz fisioterapia de um dos seus braços, que ficou na tipóia por cerca de 60 dias.  A coisa é  constrangedora para uma cidade, que parece não ter um projeto voltado para o bem estar de sua população; de mobilidade urbana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável

ITABUNA EM FOCO

  Secretaria Municipal da Educação promove encontro com professores Diretores, vice-diretores e professores das escolas da Rede Municipal de...