segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Conselheiros de cultura tomam posse em Itabuna

Conselheiros Municipais de Políticas Culturais de Itabuna tomaram posse na sexta-feira


Os novos integrantes do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Itabuna (CMPCI) eleitos por votação aberta tomaram posse na sexta-feira passada, dia 23. Foram empossados presidente, titular e suplente para compor a Mesa Diretora do CMPCI, Doriedson Santos Ferreira, Aloísio Palmeira de Lima e Diovane Tavares Santos, respectivamente.

A eleição da Mesa Diretora para o biênio 2024-2026 ocorreu no auditório do Centro de Cultura Adonias Filho, na terça-feira, dia 20. Os conselheiros recentemente empossados substituíram o presidente interino Egnaldo França, a secretária Ize Duque e Eric Souza, suplente.

O presidente do CMPCI Doriedson Santos é graduado em Serviço Social e esteve à frente da União Municipal da Juventude de Itabuna e da União dos Grêmios Estudantis. Além disso, é produtor cultural e musical.

Para ele, esse momento é uma grande oportunidade. “É uma honra para mim participar do Conselho. Aceitei esse desafio, essa tarefa de poder contribuir com o Conselho Municipal de Políticas Culturais da minha cidade, sem dúvidas é um momento muito importante. Estou muito feliz”, salientou.

“Nós já temos algumas metas para cumprir, recebemos uma carta que a própria sociedade civil passou para a gente, através dos artistas da cidade. Temos que fazer um novo Regimento, atualizar a Lei do Fundo Municipal de Cultura porque é uma lei que é de 2014 e está ultrapassada”, disse Aloísio Palmeira.

“Isso vai ser uma luta para nós, já que agora a gente tem o dinheiro na conta do Fundo Municipal de Cultura, além de lutar para fazer uma gestão de diálogo entre o poder público e a sociedade civil”, acrescentou.

O CMPCI de Itabuna tem como objetivo fiscalizar e acompanhar junto com a Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), os direcionamentos que envolvam o setor cultural da cidade.

Ascom

Oposição protocola pedido de impeachment de Lula na Câmara

 

Requerimento da deputada Carla Zambelli tem 139 assinaturas (Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados)

Agência Brasil

Deputados federais da oposição protocolaram nesta quinta-feira (22) pedido de impeachment do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo a assessoria da deputada Carla Zambelli (PL-SP), autora da proposta, o pedido tem 139 assinaturas e mais quatro nomes serão acrescentados na próxima segunda-feira (26).<

O pedido foi apresentado após declaração em que Lula comparou as ações militares de Israel na Faixa de Gaza ao Holocausto contra judeus na 2ª Guerra Mundial.

Os parlamentares argumentam que o presidente infringiu artigo da Constituição Federal que prevê como crime de responsabilidade “cometer ato de hostilidade contra nação estrangeira, expondo a República ao perigo da guerra, ou comprometendo-lhe a neutralidade”, conforme o Artigo 5° da Constituição Federal.

Nesta semana, ministros, deputados e senadores da base governista defenderam a declaração de Lula. Segundo eles, o presidente buscou chamar a atenção para as mortes de civis palestinos na Faixa de Gaza, e não ofender ou criticar o povo judeu.

A abertura do processo depende de decisão do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL).

Do - jornaldamidia.com.br

Itabuna perde Kaká Bavil

Aqui ao lado de seu pai, saudoso Carlinho
Bavil. Luz eterna!
O SEPULTAMENTO DO CORPO DE KAKÁ BAVIL ACONTECE ÀS 15h30, no cemitério do Campo Santo da Santa Casa.

Atualizado às 12h - Com problema de saúde há alguns anos, inclusive, realizando uma cirurgia bariática, morreu na madrugada deste dia 26 de Fevereiro,em Itabuna, o jovem empresário Karlos Brandão Azevedo. Filho do saudoso Carlinhos Bavil, que morreu em 30 de Março de 2019. 
Posto Bavil, sempre foi uma marca de 
Itabuna

A família, por cerca de 30 anos, manteve o Posto Bavil. Posto de combustível que também era local de encontro de  políticos e de muitos amigos. Lá, você era agraciado com um cafezinho e um exemplar do jornal Agora, numa parceria de Carlinhos com José Adervan, dono do jornal, além, do sorriso largo de Carlinhos. 

O corpo de Kaká Bavil, como era mais conhecido, está sendo velado no SAF, e o sepultamento do seu corpo, deverá acontecer na tarde de hoje. 

Aos familiares enlutados, demais parentes e amigos os nossos mais profundos sentimentos de pesar; "mesmo que ande pelo vale da morte, terei vida". 

No decorrer dos acontecimentos, atualizaremos as informações. 

domingo, 25 de fevereiro de 2024

Fiol – Empresa de Engenharia abre vagas de emprego para Ilhéus, Uruçuca, Brumado e Jequié


Do - ilheus.com.br - Arcadis, uma renomada empresa do setor de design, engenharia e consultoria, está oferecendo diversas oportunidades de emprego em cidades estratégicas da Bahia. Essas vagas fazem parte do projeto de construção do trecho I da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol), uma iniciativa da Bahia Mineração (Bamin) que visa conectar Caetité a Ilhéus ao longo de 537 quilômetros.

👷‍♂️ Com sua entrada no projeto em 2023, a Arcadis assume um papel crucial no gerenciamento dos serviços de construção e infraestrutura ferroviária, com um prazo inicial de 4 anos e uma estimativa de mais de 200 profissionais envolvidos. As oportunidades estão abertas para Coordenadores de Implantação de Obras, Engenheiros e Técnicos nas áreas de Civil, Obras e Qualidade, com foco nas cidades de Brumado, Ilhéus, Jequié e Uruçuca, todas localizadas ao longo do trajeto da Fiol.

🔍 Para os cargos de Engenheiro Civil, a Arcadis busca profissionais com formação superior completa, CNH B, habilidades no pacote Office, pós-graduação, familiaridade com ferramentas digitais e experiência em empresas de gerenciamento de projetos. É necessário também conhecimento em normas técnicas, boas práticas de implantação de projetos e disponibilidade para viagens.

🌐 Além das vagas na Bahia, a empresa oferece oportunidades em outros estados como Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro e São Paulo. Os interessados devem acompanhar os pré-requisitos e o processo de envio de currículos por meio da página de recrutamento da Arcadis, disponível em uma plataforma própria.

💼 A divulgação das vagas ressalta que os salários e benefícios serão informados apenas aos candidatos pré-selecionados para as próximas etapas do processo seletivo. A Agência Sertão, responsável pela triagem e divulgação das oportunidades, não recebe currículos nem atua na intermediação entre empresas e profissionais, concentrando-se exclusivamente na disseminação das vagas. Para mais notícias sobre oportunidades de emprego, estágios, concursos públicos e qualificação profissional, consulte o nosso Guia de Oportunidades.

Fonte: https://agenciasertao.com/2024/02/22/empresa-de-engenharia-abriu-vagas-de-emprego-para-obras-da-fiol-na-bahia/

👨‍💼👩‍💼 #Arcadis #Emprego #Fiol #Engenharia #VagasBahia #Oportunidades #Recrutamento #Curriculo #AgenciaSertao #GuiaDeOportunidades

DO HISTORIADOR GABRIEL TEBALDI: FINADO LULA!!!

Tebaldi

 FINADO LULA!!!

“Nunca entre num lugar de onde tão poucos conseguiram sair”, alertou Adam Smith. “A consciência tranquila ri-se das mentiras da fama”, cravou o romano Ovídio. “Corrupção é o bom negócio para o qual não me chamaram”, ensinou o Barão de Itararé.

E na contramão de todos está alguém que abriu mão de si mesmo pelo poder. Lula construiu uma história de vida capaz de arrastar emoções e o levar à presidência. Agora, de modo desprezível, o mesmo Lula destrói-se por completo.

Não é preciso resgatar o tríplex, o sítio ou os R$ 30 milhões em “palestras” para atestar a derrocada do ex-presidente. Basta tão somente reparar a figura pitoresca na qual Lula se tornou.

O operário milionário sempre esbanjou o apoio popular e tomou para si o mérito de salvar o país da miséria. Contudo, junto disso, entregou-se aos afetos das maiores empreiteiras, não viu mal em lotear a máquina pública, nem constrangeu-se em liderar uma verdadeira organização criminosa.

Sem hesitar, brincou com os sonhos do povo e fez de seu filho, ex-faxineiro de zoológico, um megaempresário. Aceitou financiamentos regados a corrupção, fez festa junina pra magnatas e mentiu, mentiu e mentiu. O resultado, enfim, chegou: ao abrir mão de si mesmo, Lula perdeu o povo.

Pelas ruas, o ex-presidente é motivo de indignação e fonte de piadas. Lula virou chacota, vergonha, deboche. Restou-lhe a militância do pão com mortadela e aqueles que tratam a política com os olhos da fé messiânica.

Seu escárnio da lei confirma sua queda. Lula ainda enxerga o Brasil como um rebanho de gado e não percebe que está só, cercado por advogados que postergam seu coma moral. Enquanto ofende o judiciário e todos aqueles que não beijam seus pés, Lula trancafia-se na bolha de quem ainda acredita que meia dúzia de gritos e cuspes podem apagar os fatos.

O chefe entrou num mundo sem saída, trocou sua consciência pelo poder e corrompeu-se até dissolver sua essência. Lula morreu faz tempo. Restou-lhe, apenas, uma carcaça podre que busca a vida eterna no inferno de si mesmo.

Gabriel Tebaldi é graduado em História pela UFES.

A força de Bolsonaro está com o povo

Bolsonaro dá demonstração de força política com ato gigante na Avenida Paulista

Manifestantes registraram público recorde em ato de apoio a Jair Bolsonaro, na Avenida Paulista (Foto: Reprodução X/nikolas_dm
Ex-presidente recomendou punição para vândalos de 8 de janeiro e pediu anistia para presos injustamente

Do -Diario do Poder ,- O ato de apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) na Avenida Paulista, em São Paulo, neste domingo (25), foi marcado pela presença de um público gigantesco, para muitos superior a 1 milhão de pessoas, e pela demonstração de de força política do homenageado,

Bolsonaro também mostrou sua liderança, tendo sido atendido ao pedido que fez, ao convocar a manifestação, para que ninguém exibisse faixas provocadoras ou de ataque a opositores e a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Ele percebeu que não precisava desse tipo de apelo para promover a manifestação que se torna uma das maiores demonstrações de força política dos últimos anos no Brasil.

Não foram vistas faixas e cartazes no mar de gente vestindo verde e amarelo e agitando bandeiras do Brasil e de Israel, na tarde deste domingo, mas teve forte comparecimento de parlamentares – mais de uma centena de deputados e senadores – e de vários governadores, como Tarcisio de Freitas (Republicanos), o anfitrião, Jorginho Melo (Santa Catarina), Ronaldo Caiado (Goiás) e Romeu Zema (Minas Gerais).

Em seu discurso, no encerramento do “Ato em Defesa da Democracia”, Bolsonaro pediu anistia para os “pobres coitados” mantidos presos na Papuda, em Brasília, e muitos já condenados a penas que supram os 17 anos de prisão.

O discurso mais contundente foi o do pastor Silas Malafaia, um dos organizadores do eventos, que criticou fortemente o minstro Alexandre de Moraes, do STF, afirmando não ter medo de ser preso e que vergonha mesmo é “ficar calado”.

Detenção de jornalista gera protestos em Portugal

Embaixada portuguesa reagiu e partido chamou detenção de "perseguição fascista"

Jornalista português Sergio Tavares após ser solto pela PF: cobertura do ato pró-Bolsonaro na Avenida Paulista.

Do- Diario do Poder - Motivou reação de embaixada de Portugal e protestos da classe política portuguesa a detenção do jornalista português Sérgio Tavares, ao desembarcar no Brasil para fazer a cobertura da manifestação de apoio ao ex-presidente Jair Bolsonaro, neste domingo (25), na Avenida Paulista, na cidade de São Paulo.

Em Lisboa, o partido Alternativa Democrática Nacional foi o primeiro a divulgar nota de protesto, sob o título “Ditadura no Brasil contra o português Sérgio Tavares” (abaixo), na qual exige a “intervenção imediata” da embaixada de Portugal em Brasília após a detenção do jornalistas português Sérgio Tavares “por motivos políticos”.

Tavares ficou conhecido no Brasil após divulgar entrevista com Bolsonaro em seu canal no Youtube, com grande repercussão, e sua detenção e apreensão de passaporte é atribuída a esse episódio.

Após ser liberado pela Polícia Federal, o jornalista Sérgio Tavares divulgou vídeo afirmando ter sido interrogado sobre assuntos que não lhe dizem respoeito, como cidadão português: Alexandre de Moraes, Flávio Dino, vacinas, atos de 8 de janeiro etc. “Fui tratado quase como um criminoso”, disse ele nas redes sociais após ser solto.

“Essa perseguição fascista de uma extrema-esquerda que apoia o presidente Lula da Silva”, diz a nota de protesto da ADN, “é fruto da complacência que o nosso governo e o presidente da República têm com criminosos condenados por crimes.


Mais de 80% das pastagens do Sul da Bahia podem ser convertidas em Sistemas Agroflorestais com cacau

Conselheiros de cultura tomam posse em Itabuna

Conselheiros Municipais de Políticas Culturais de Itabuna tomaram posse na sexta-feira Os  novos integrantes do Conselho Municipal de Políti...