segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Palestra em Ilhéus aborda novo olhar sobre artesanato e turismo

 Motivação e mudança de comportamento foram os pontos mais destacados durante o encontro realizado pelo Sebrae


Foto mauricio maron.jpeg

Foto: Maurício Maron

 

Uma das maiores autoridades em Produção Associada ao Turismo e Turismo Criativo do Brasil, Miriam Rocha, esteve em Ilhéus, sul da Bahia, falando sobre o tema “Artesanato e Turismo – Um novo olhar”. O evento foi uma realização do Sebrae e reuniu empreendedores de diversas cidades da região, no auditório do Hotel Praia do Sol, na última quarta-feira, dia 24.

 

“O artesanato é a veia mais importante da cadeia turística. Eu consigo provar isso porque o turista chega ao destino e, além dos atrativos locais, precisa do artesanato como uma fonte agregadora de satisfação. Ele não faz turismo sem levar um presente, não viaja a lugar nenhum, seja trabalho, seja passeio, sem levar um presente daquele destino local. E aquele presente é o artesanato local. Então acaba que para o turismo e o artesanato estão cem por cento no mesmo nível”, pontuou Miriam Rocha.

 

A especialista também destacou a importância da valorização pessoal e dos produtos. “O artesão precisa se valorizar, precisa entender o mercado, precisa entender que o trabalho dele precisa ser valorizado, mas primeiro ele precisa valorizar o próprio trabalho. O que eu vejo muito é que as pessoas às vezes acham mais fácil comprar uma pedrinha na loja de bijuteria do lado e fazer aquela peça, do que buscar uma semente com um indígena local, ou então uma semente que tem no fundo do quintal de alguém para colocar e valorizar o ainda mais a peça”, alertou Miriam.

 

A palestra motivou bastante os empreendedores da região. De acordo com a gerente regional do Sebrae em Ilhéus, Claudiana Figueiredo, o objetivo foi fomentar os pequenos negócios e contribuir com o crescimento econômico a partir de um olhar ampliado e valorizando as potencialidades de riquezas local.


Ações para melhoria do ambiente de negócios 

Um dos eixos principais apontados pelo Sebrae é o de desburocratização, que será tema da palestra magna do evento 

O Sebrae realiza nesta terça-feira (30) o seminário Bahia Mais Simples, que tem foco na discussão sobre os impactos da desburocratização no ambiente de negócios dos municípios e do estado. A abertura do evento, às 9h, vai contar com a presença do superintendente do Sebrae Bahia, Jorge Khoury.

O evento, que chega à sua 5ª edição, será transmitido pelo canal do YouTube do Sebrae Bahia e se propõe a discutir a importância da temática da desburocratização junto aos gestores públicos municipais atendidos nos programas do Sebrae, entre os quais está o Cidade Empreendedora.

O público-alvo é formado por e prefeitos, secretários municipais, agentes de desenvolvimento e demais gestores públicos.

O seminário terá a palestra magna de Paulo Spencer Uebel, que Desburocratização e Transformação Digital na Gestão Pública. Entre suas experiências, Uebel tem no currículo uma passagem pela Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia (2019-2020).

Na programação, também será realizado também o painel Cidade Empreendedora: Os Impactos da Desburocratização no Ambiente de Negócios dos Municípios. Na ocasião, serão apresentados os avanços alcançados em dois municípios baianos atendidos pelo Sebrae em 2021. 


Agência Sebrae de Notícias Bahia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja responsável

Sala do Empreendedor é inaugurada em Jussari, no Sul da Bahia

Essa é o 12ª espaço inaugurado nos municípios no âmbito do Sebrae em Ilhéus                                Foto: Divulgação - Prefeitura de ...