DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991. O FORRÓ DO KARUÁ E DJ GUIGUI FARÃO A ANIMAÇÃO! E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

domingo, 14 de maio de 2017

ILHÉUS E ITABUNA NO FANTÁSTICO DA REDE GLOBO HOJE

A TV Globo neste sentido, durante esta a semana fez várias chamadas mostrando o prédio da Câmara Municipal de Ilhéus
Sami Storch é titular da 2ª Vara da Família em Itabuna desde o ano passado.

Do - Pimenta - Ilhéus e Itabuna estarão no Fantástico, da Rede Globo, neste Domingo das Mães. Por motivos distintos. Ilhéus será alvo de reportagem sobre o golpe que rendeu R$ 25 milhões a um grupo acusado de fraudar licitações e até servir, na merenda escolar, carne com data de validade vencida há dois anos.
Já Itabuna, aparecerá por outro motivo, a adoção das Constelações Familiares, que envolve mediação de conflitos entre familiares. A iniciativa, no município, é coordenada pelo juiz Sami Storch, titular da 2ª Vara da Família da Comarca de Itabuna.

A reportagem falará dos resultados obtidos pelo projeto, que também atende adolescentes em conflito com a lei. Storch foi um dos primeiros magistrados brasileiros a levar para o Judiciário a iniciativa que pretende humanizar as práticas no âmbito da Justiça.
Sami Storch começou a adotar a prática em 2012, na Comarca de Castro Alves, também na Bahia. Já ali, o índice de conciliação chegava a 91%, quando uma das partes participou da dinâmica. Nas audiências simples, sem a prática, cai a 73%.
Os processos chegaram a 100% de resultado positivo quando as partes participaram do Constelação, segundo o magistrado, que anunciou a dinâmica também para processos de inventários, que são mais demorados. Redação com CNJ.

Nenhum comentário: