Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sábado, 4 de fevereiro de 2017

POÉTICA DE ANTONIO NUNES

O rio da minha cidade!
Antonio Nunes de Souza*

Eu rio desse rio imundo
Que um dia já foi profundo
Hoje é uma triste sujeira
Não existe mais beleza
Sua água é uma impureza
Seu cenário é a baronesa!

Já foi Cachoeira caudalosa
Uma lindeza formosa
Enfeitando nossa cidade.
Se você arriscar um banho
O grande perigo é tamanho
De pegar uma enfermidade!

Somos todos culpados
Pois agimos sempre errados
Suas águas poluindo.
Transformando-o em um esgoto
Com comportamento maroto
Sua vertente destruindo!
Eu rio do rio da minha cidade
Mas, na verdade o que sinto
É no peito uma grande saudade!

*Escritor – Membro da Academia Grapiúna de Letras – AGRAL – antoniodaagral26@hotmail.com


Nenhum comentário: