Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Prefeitura entrega balancetes a sindicatos e sana divergências sobre números

Conforme decidido no primeiro encontro do Pacto por Ilhéus, na última quarta-feira, dia 19, a comissão de negociação permanente da Prefeitura Municipal entregou, nesta sexta-feira, dia 21, a folha de pagamento e o balancete de despesas e receitas do primeiro quadrimestre, aos líderes da Associação de Profissionais Professores de Ilhéus (APPI), Enilda Mendonça, e dos sindicatos dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do Sul da Bahia (Sindiacs/ACE), Zilar Portela, e dos Servidores Municipais de Ilhéus (Sinsepi), Luiz Cláudio Machado. O objetivo foi, além de atender ao princípio de total transparência determinado pelo prefeito Jabes Ribeiro, permitir aos servidores uma análise criteriosa de todo o quadro financeiro da administração municipal antes de se começar o processo de discussão a respeito das reivindicações salariais de cada categoria.

Durante o encontro, realizado no salão nobre do Palácio Paranaguá, os sindicalistas e representantes das secretarias municipais de Administração e de Planejamento, da Procuradoria Geral e da Corregedoria, que formam a comissão permanente de negociação, sanaram as divergências em relação aos números do balanço financeiro apresentados na reunião da quarta-feira, dia 19. “Os números apresentados como discrepantes na primeira reunião foram devidamente esclarecidos e ficou clara a veracidade dos mesmos” explicou o assessor de Orçamento Público da Secretaria Municipal de Planejamento, Tecnologia e Orçamento (Seplan), Gilvan Tavares. “O que aconteceu é que a APPI não incluiu em seus cálculos o 13º dos servidores”, ressaltou, observando que esta não inclusão é que gerou as divergências entre os dados mostrados pela Prefeitura e os da entidade sindical.   
Também participaram da reunião o Procurador Geral Otávio Carmo, o corregedor Carlos Pereira, e o gerente de Recursos Humanos, Vladimir Hughes.
Após a reunião, a presidente da APPI, professora Enilda Mendonça, ressaltou a importância da iniciativa da Prefeitura de debater com as representações sindicais e realizar análises conjuntas sobre o quadro financeiro da administração municipal: “Para a gente este momento é muito representativo, porque a gente sempre quis isto, manter uma mesa permanente de negociação”, destacou. 
A data da próxima reunião, no dia 4 de julho, foi escolhida pelos sindicalistas e a perspectiva é que o diálogo entre a comissão e as representações sindicais continuem avançando, da maneira como vem sendo feito e que se constitui a base da proposta do prefeito Jabes Ribeiro para a formatação do Pacto por Ilhéus. “Nós deveremos chegar a uma conclusão sobre a fidedignidade dos dados apresentados”, comentou o titular da Seplan, Joaquim Bastos, acrescentando: “A reunião foi importante desde quando se iniciou um processo de entendimento com relação aos dados financeiros da prefeitura que estão sendo discutidos com total transparência”, considerou Bastos.     
Pacto por Ilhéus – O Pacto Por Ilhéus, que teve sua primeira reunião na última quarta-feira, dia 19, reúne lideranças sindicais, representantes de órgãos públicos e de entidades da classe empresarial, organizações não governamentais, associações de moradores e de pais de alunos da rede de ensino, jornalistas e radialistas. Para a continuidade dos debates específicos sobre as reivindicações salariais dos sindicatos representativos dos servidores municipais, foi constituída uma mesa permanente de negociações, integrada por quatro representantes do Poder Municipal - as Secretarias de Administração, Planejamento, a Procuradoria Geral e a Corregedoria - e os dirigentes das entidades sindicais ligadas aos servidores.
Além das discussões a respeito das pautas de reivindicações, tanto as de caráter financeiro quanto as ligadas às melhorias das condições de trabalho e de gestão, a mesa permanente também deve colher sugestões dos representantes dos servidores sobre as formas de redução das despesas com pessoal na Prefeitura, seguindo alguns dos princípios explicitados pelo prefeito Jabes Ribeiro no primeiro encontro, entre os quais estão promover todo esforço possível para evitar corte de postos de trabalho e também resguardar os direitos adquiridos do funcionalismo municipal.


-- 
Atenciosamente,
Secretaria de Comunicação Social

Nenhum comentário: