Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

terça-feira, 7 de junho de 2011

Peti promoveu atividades especiais em Ilhéus nos meses de abril e maio


O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) desenvolveu nos meses de abril e maio, favorecendo todos os 14 pontos de atuação existentes no município, diversas atividades de natureza cultural e artística. Em Ilhéus, o programa beneficia cerca de 1000 crianças e adolescentes, na faixa etária de 6 a 14 anos, com ações que oportunizam diversos benefícios, como acesso à escola, saúde, alimentação, esporte, lazer, cultura e profissionalização, além de convivência familiar e comunitária.
Além das atividades culturais e artísticas, o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil também promoveu a distribuição de chocolates durante a Páscoa e a entrega de diversos brindes no Dia das Mães. “Para isso, contamos com o apoio e com a contribuição de várias empresas da cidade”, lembra a facilitadora de cultura do Peti, Márcia Filgueiras.
Ainda de acordo com Márcia, contribuíram para enriquecer a Páscoa e o Dia das Mães das crianças e adolescentes do Peti de Ilhéus as seguintes empresas: Chocolate Caseiro, L’acqua di Fiori, O Boticário, Topada, Básico Jeans, Albatroz Magazine, Cattan Magazine, Drogaria Velanes, Master Magazine, Conrado Magazine, Esquina 170, Lojas Maia/Magazine Luiza, Lojas Bucanas, Só Intimos, Irecê Bijuterias e Lojas Americanas.
Atualmente, o Peti encontra-se presente nas seguintes localidades da sede e do interior de Ilhéus: Teotônio Vilela, N. S. da Vitória, Nelson Costa, Alto do Mambape, Couto, Santo Antônio, Barra de Itaípe, Aritaguá, Salobrinho, Banco da Vitória, Japu, Vila Cachoeira, Conquista e Alto do Coqueiro
Peti - O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) articula um conjunto de ações visando à retirada de crianças e adolescentes de até 16 anos das práticas de trabalho infantil, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos. O trabalho compõe o Sistema Único de Assistência Social (Suas) e tem três eixos básicos: transferência direta de renda a famílias com crianças ou adolescentes em situação de trabalho, serviços de convivência e fortalecimento de vínculos para crianças/adolescentes de até 16 anos. Tudo isso somado a um amplo processo de acompanhamento familiar através do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas).
Acom/Ilheus

Nenhum comentário: