Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

terça-feira, 5 de abril de 2011

Prorrogado prazo de inscrição às bolsas do convênio com Fapespa

 A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Pará (Fapespa) prorrogou até o dia 20 o prazo para inscrição de candidatos às 35 bolsas concedidas pela Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no âmbito do Programa de Concessão de Bolsas para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico das Regiões Produtoras de Cacau. O prazo se encerraria nesta quarta-feira, 6. 

As bolsas serão concedidas a doutores, mestres e graduados na modalidade extensão, quando o candidato deverá possuir, no mínimo, graduação nos cursos de Agronomia, Engenharia Agrícola ou Engenharia Florestal. Naqueles destinadas à pesquisa é exigido título de Doutor ou Mestre, observadas as áreas especificas constantes no item 6.1 do Edital e disponibilidade para exercer suas atividades nos locais especificados. 
As bolsas iniciais de um total de 70 se destinam às Superintendências da Ceplac nos estados do Pará (12), Bahia (13) e Rondônia (2) e às Gerências Regionais do Mato Grosso (3), Espírito Santo (3) e Amazonas (2). Cada candidato deverá submeter apenas uma proposta à Fapespa, em seu sitio na Internet, onde estão publicados o Edital e as respectivas informações do Programa, que visa o fortalecimento da Ceplac como instituição capaz de integrar e gerar conhecimento científico e tecnológico. 

No preenchimento do formulário eletrônico, o candidato deve atentar para o tipo de bolsa escolhida e sua área de atuação. 

O processo seletivo consta de duas fases: enquadramento, ou seja, atendimento às regras previstas, tendo caráter eliminatório; e, avaliação curricular, quando será considerada toda experiência acadêmica e/ou profissional do candidato. Também será prorrogado o cronograma dos resultados que serão divulgados no sítio da Fapespa e no Diário Oficial do Estado do Pará em nova data que passará a constar do edital no endereço eletrônico http://www.sig.fapespa.pa.gov.br/index.php?id=3&acao=1

Ceplac finaliza seleção de amostras
para o Salão do Chocolate de Paris
           
            A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), finalizou e encaminhou à França, na segunda-feira, 4, a classificação de amostras de amêndoas de cacau que participarão no mês de outubro do Salão do Chocolate de Paris. Foram selecionadas 20 amostras de um total de 35 recebidas de produtores de cacau brasileiros até o fim do prazo no dia 17 de março. 

            As amostras de cacau brasileiras selecionadas para a edição 2011 do Prêmio Internacional do Cacau “Cacau Excelência” tiveram sua qualidade avaliadas em análises físicas, sensoriais, prova de corte e de laboratório pelos técnicos das secções de Controle de Qualidade Vegetal da Ceplac, Núcleo Regional de Ilhéus, e de  Tecnologia e Engenharia Agrícola (Setea), do Centro de Pesquisas do Cacau (Cepec). Na capital francesa serão avaliadas por um júri composto por fabricantes de chocolate, jornalistas gastronômicos internacionais, representantes institucionais e pessoas com conhecimento no assunto. 

            Serão identificados nas amostras da América do Sul, América Central e Caribe, África Ocidental, sudeste asiático e Oceania pelo menos três conceitos sensoriais dominantes para cada região nas categorias "Cacau Chocolate", "Frutado" e "Caramelo". A amostra que melhor descrever o conceito sensorial será reconhecida na celebração da diversidade do cacau pelo mundo. 

Ano passado produtores de cacau do Sul da Bahia foram destaque no Salão do Chocolate de Paris, especialmente João Tavares, da Fazenda São Pedro, em Ilhéus, que conquistou o prêmio de melhor cacau da América, na categoria “Cacau Chocolate”. Também mereceram classificação amostras da Fazenda Venturosa, em Floresta Azul, e Pimenteira, da M. Libânio, em Nova Ibiá. 

            Durante a seleção e classificação das amêndoas de cacau brasileiras, os técnicos receberam a visita do pesquisador Dr. Sebastian Alex Lopez, que por mais de 15 anos trabalhou com fermentação de cacau na Ceplac/Cepec/Setea e atualmente é consultor independente de operações de pós-colheitas, com atuação em vários países produtores de cacau, como Equador, Costa Rica, Colômbia, na América Latina, Tanzânia, na África, e Malásia, no sudeste asiático. Na oportunidade se discutiu sobre a produção de cacau fino em outros países, fases da fermentação e qualidade final das amêndoas e sua relação com o sabor do chocolate.
             
  ACS/Ceplac/Sueba
Por: Luiz Conceição
5 de Abril de 2011

Nenhum comentário: