sábado, 5 de agosto de 2017

Imbassahy virou o “homem forte” do governo Temer

Imbassahy virou o “homem forte” do governo Temer, por Cláudio Humberto


CLÁUDIO HUMBERTO
O ministro tucano Antonio Imbassahy (Secretaria de Governo) é hoje o mais importante auxiliar do presidente Michel Temer, dominando o espaço onde transitavam apenas os ministros Moreira Franco e Eliseu Padilha. Cresceu ainda mais na articulação para derrotar a denúncia da PGR na Câmara. Temer diz que nem considera a hipótese de perdê-lo, mesmo no caso de o PSDB descer do muro e romper com o governo.
Temer e o ministro Antonio Imbassay (BA), na reunião no Palácio do Planalto. (Foto: Agência Brasil)
Temer e o ministro Antonio Imbassay (BA), na reunião no Palácio do Planalto. (Foto: Agência Brasil)
SEM ESCÂNDALOS
Avesso a escândalos, Imbassahy substituiu outro baiano, o borbulhante Geddel Vieira Lima, mas mantém seu cargo distante de polêmicas.
TEMER É SÓ ELOGIOS
Temer destaca em Imbassahy qualidades que valoriza muito: lealdade, ponderação, credibilidade e grande capacidade de articulação política.
AVALISTA DE TEMER
Eficiente, porque “ele entrega o que o presidente pede”, como disse um ministro, a presença de Imbassahy constitui forte aval ao governo.
QUE HISTÓRIA É ESSA, MINISTRO?
A agenda do ministro Aloysio Nunes (Relações Exteriores) é um show à parte. Nesta sexta (4), recebeu o deputado Aníbal Gomes (PMDB-CE), enroladíssimo na Lava Jato com seu protetor Renan Calheiros. Ignora-se o que motivaria o encontro de jacaré com cobra d’água. (Coluna de Cláudio Humberto. Clique AQUI e leia mais).

Nenhum comentário: