DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991. O FORRÓ DO KARUÁ E DJ GUIGUI FARÃO A ANIMAÇÃO! E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

sábado, 22 de abril de 2017

REFORMA DE R$700 MIL NO SÍTIO FOI A PEDIDO DA EX-PRIMEIRA-DAMA

EX-PRIMEIRA-DAMA
MULHER DE LULA PEDIU DINHEIRO EM SEU NOME
REFORMA DE R$700 MIL NO SÍTIO FOI A PEDIDO DA EX-PRIMEIRA-DAMA
Publicado: 22 de abril de 2017 às 00:01 - Atualizado às 00:10
REFORMA DE R$ 700 MIL NO SÍTIO FOI A PEDIDO DA EX-PRIMEIRA-DAMA
Lula tem dito que “quem pediu dinheiro em meu nome deveria ser preso”, mas a Lava Jato suspeita que ele pode ter combinado até com sua mulher pedidos em seu nome. Emílio Odebrecht contou à Lava Jato que, por solicitação de Marisa, pagou a reforma de R$ 700 mil do sítio em Atibaia (SP), mas ela pediu “segredo”, porque seria “surpresa” para Lula. Mas Emílio deixaria escapar o “segredo”, em conversa com o ex-presidente, e não houve surpresa. Porque Lula já sabia de tudo. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
A força-tarefa considera provado que se Lula não pediu propina, como afirma, tinha quem a solicitasse em seu nome, inclusive Marisa.
Lula jura que jamais pediu “nem dez reais”. Merreca, pode ser. Mas Marcelo Odebrecht citou seu pedido de US$ 40 milhões.
Nas delações, ficou claro que outras pessoas muito ligadas a Lula pediam dinheiro à Odebrecht, como Antonio Palocci e Guido Mantega.
O articulador da Odebrecht no governo Lula era Emílio, pai de Marcelo Odebrecht que assumiu a chefia, em 2008. Marisa tratava com Emílio.

Nenhum comentário: