SÃO JORGE AO LADO DE DEUS NOS PROTEJA

Oração Poderosa de São Jorge para Quebrar Demandas e Vencer na Vida. São Jorge, guerreiro vencedor do dragão, Rogai por nós. Ó São Jorge, meu guerreiro, invencível na Fé em Deus, que trazeis em vosso rosto a esperança e confiança abra os meus caminhos. ... Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. NOS LIVRE DESSA PANDEMIA.

Não jogue lixo no Rio Cachoeira, ele é o nosso maior patrimônio natural.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Joanes Industrial comemora 70 anos

Joanes Industrial comemora 70 anos e inaugura Centro de Inovação do Cacau em Ilhéus

 A indústria de processamento de derivados do cacau Joanes, instalada no Distrito Industrial de Ilhéus, realizou nesta quinta-feira, 03 de novembro, solenidade comemorativa pelos 70 anos de existência. Na oportunidade, foi inaugurado o Centro de Inovação do Cacau – instalado com modernos equipamentos e tecnologia de ponta, lançado o programa de sustentabilidade Olam Livelihod Charter (OLC) e a nova logomarca da empresa. 
 
O evento contou com as presenças de diretores internacionais da empresa, entre eles, Sathya Murthy, Gerry Manley e Jeff Pfalzgraf, do vice-governador da  Bahia, João Leão, do prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, vice-prefeito Carlos Machado (Cacá), dos secretários de Estado da Agricultura, Vítor Bonfim, e do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, deputada Ângela Sousa, do superintendente da Sudic, Jairo Vaz, dos representantes da Federação da Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Patrícia Orrico e Gentil Pires, e do presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, Milton Andrade. 


A banda de música da Polícia Militar da Bahia deu início à solenidade com a execução do hino nacional e hasteamento às bandeiras. Em seguida, o indiano Sathya Murthy, vice-presidente da Olam Cocoa para a América do Sul,  falou sobre o contexto da indústria em nível global e sobre a importância do programa OLC, que envolve mais de 345 mil agricultores em 21 países. 

Durante seu pronunciamento, o prefeito Jabes Ribeiro parabenizou os diretores, funcionários e parceiros da Joanes pelo sucesso da empresa e fez um retrospecto da economia cacaueira nas últimas décadas. Ele lamentou os efeitos da crise da lavoura nos últimos vinte anos, a partir do advento da doença da vassoura de bruxa, que fez a arrecadação do ICMS do município cair da terceira posição no Estado para a vigésima. “Mas a Joanes, como empresa, nos estimula a superar desafios e dificuldades, com criatividade e união, para que possamos proporcionar melhor qualidade de vida a todos que acreditam no futuro de nossa região e do Estado”, afirmou. 

Por sua vez, o vice-governador João Leão propôs parceria com a empresa com o objetivo de auxiliar pequenos produtores de cacau, do ponto de vista técnico e tecnológico, e falou da preocupação do governador Rui Costa em implementar um programa de desenvolvimento que desconcentre a renda do Estado na Região Metropolitana de Salvador. Segundo Leão, 76,88 por cento da renda do Estado hoje está na capital e municípios vizinhos. 

Obras – Durante a festa de 70 anos da Joanes, foi inaugurado o novo centro de desenvolvimento de produtos e inovação e autorizadas obras de modernização dos escritórios administrativos e do laboratório. A empresa também anunciou a novo logo, que será aplicada a partir do próximo ano, que foi elaborada sob a inspiração da flor do cacau. 
A Joanes teve a primeira fábrica inaugurada em Salvador, em 1946.  Em maio de 1979, a fábrica foi transferida para Ilhéus, instalada mais próxima da fonte produtora de matéria-prima. Em outubro do ano passado, a Joanes Industrial foi adquirida pela Olam, que é uma das maiores processadoras de cacau do mundo e atende aos mercados interno e externo, principalmente às indústrias de chocolates, achocolatados e biscoitos. A indústria está instalada numa área de 100 mil metros quadrados e produz líquor, manteiga, pó de cacau, além de gerar centenas de empregos diretos e indiretos. 

Da - Secretaria de Comunicação Social

Nenhum comentário: