Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

terça-feira, 6 de setembro de 2016

CITADA POR 11 DELATORES, DILMA SERA INVESTIGADA

FIM DA IMUNIDADE
CITADA POR 11 DELATORES, DILMA SERA INVESTIGADA NA LATA JATO
CITADA 72 VEZES SÓ POR UM DELATOR, LAVA JATO DEVE INVESTIGÁ-LA
Publicado: 06 de setembro de 2016 às 00:01 - Atualizado às 07:08
APESAR DE INDÍCIOS, ELE NÃO PODIA INVESTIGÁ-LA ENQUANTO PRESIDENTE
Ao ser destituída por 61 senadores representando mais de 83 milhões de votos, Dilma Rousseff perdeu o foro privilegiado e está sujeita agora ao juiz Sérgio Moro, até há pouco impedido de investigá-la. Dilma foi citada gravemente por 11 delatores da Lava Jato, incluindo seu ex-líder do Governo no Senado, Delcídio Amaral, que a denunciou por 72 vezes. Logo Dilma poderá não ter motivos para alegar que é “honesta”. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.  Leia também, GREENFIELD CHEGARÁ A LULA

O artigo 86 da Constituição determina que só se pode investigar Presidente por crime cometido no mandato. Esse impedimento caiu.
Somente Lula, com 136 referências de delatores, é mais citado que Dilma na revelação das safadezas investigadas pela Lava Jato.
A ex-presidente foi denunciada por duas vezes, no Supremo Tribunal Federal, pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
Janot denunciou Dilma por obstrução à Justiça, ao nomear Lula e até um ministro para o STJ que livrasse da cadeia ladrões da Petrobras.
LULA LÁ
PARA POLÍTICOS, OPERAÇÃO GREENFIELD CHEGARÁ A LULA
EX-PRESIDENTE DEFINIA INVESTIMENTOS IMPORTANTES DOS FUNDOS

Líderes do Congresso acham que as investigações da Operação Greenfield chegarão a Lula. O ex-presidente se envolvia pessoalmente na definição de investimentos de fundos de pensão e até do BNDES. No governo Lula, fundos de pensão controlados por petistas, como o Previ (funcionários do Banco do Brasil), além do banco de fomento BNDES, viraram sócios de dezenas de empreendimentos privados. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
O investimento garantia assento de indicados dos fundos de pensão, em geral petistas, nos conselhos de administração das empresas.
Lula e o PT chegaram a acomodar cerca de 300 petistas e amigos nos conselhos de administração de empresas com investimento de fundos

Nenhum comentário: