DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

terça-feira, 2 de agosto de 2016

O adeus de Marinalva Santos vitima da violência em Itabuna

Nalvinha, foto do facebook de Zélia
Vitima, inocente e indireta, da desenfreada violência que assola toda a cidade de Itabuna. Violência essa que está sem freio! Devido a isso, foi a óbito, mais uma pessoa, no ultimo dia 31 de Julho, às 22h, a senhora Marinalva Santos, (Nalvinha), moradora da Rua São Sebastião, 12, Bairro Mangabinha, local, vizinho, aonde houve o tiroteio, quando um menor resolveu descarregar uma arma de fogo, atirando contra a uma residência, segundo informações, por ciúmes de sua namorada.    

A senhora Marinalva Santos, com 72 anos de idade, assustada, sentindo a falta de um sobrinho, sai em disparada do interior de sua residência para chama-lo. Por causa do esforço e do "choque", na porta de sua casa, gritando pelo sobrinho, foi acometida por um ataque cardíaco fulminante. Levada ao hospital de Base, após ter sido socorrida, por sobrinhos e amigos, levada pelo SAMU, já no hospital, na tentativa de reanima-la, pala equipe médica, não resistiu.


O seu corpo foi sepultado ontem (01), às 16h, no cemitério do Campo Santo da Santa Casa de Misericórdia de Itabuna, com a presença de dezenas de parentes e centenas de amigos. Marinalva Santos, era aposentada e, prestou serviços por 32 anos, no Banco de Sangue, do Hospital Calixto Midlej Filho, desde a época do Santa Cruz. Muita Conhecida, era irmã de Wilson Santos (Carne de Boi), Edizio Santos, Zélia Bispo e tia do jornalista Joselito dos Reis, que, na oportunidade, lamenta a violência na cidade, que parece estar deixando o Governo sem ação para fazer cumprir o que determina a nossa Constituição: o de dar segurança ao cidadão (a).     

Nenhum comentário: