Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Prefeitos e autoridades municipais definem estratégias para reestruturação da Saúde Regional


Baixe Reunião com Prefeitos, Secretários e Representantes da Saúde Regional FOTO 1 ASCOM AMURC .jpg (1501,4 KB)
 Durante uma reunião conduzida pela Associação dos Municípios do Sul, Extremo Sul e Sudoeste Baiano – Amurc, na manhã desta sexta-feira, 19, prefeitos, secretários e representantes da saúde nos municípios Sul baianos firmaram um compromisso para que no próximo dia 7 de janeiro possa buscar junto ao Governo do Estado da Bahia, a regularização da estrutura hospitalar e financeira do município de Itabuna, de modo que este venha continuar a prestar atendimento a todos os municípios da região.
O encontro contou com as presenças dos prefeitos de Buerarema, José Agnaldo Barreto dos Anjos, de Una Diane Rusciolelli, de Pau Brasil, José Alberto dos Santos Rocha, de Santa Cruz da Vitória, Jackson Bonfim, e de Floresta Azul, Sandra Maísa Cardoso, além de secretários municipais de outras localidades, que expuseram as dificuldades vivenciadas pelos munícipes para o atendimento aos serviços de Alta e Média Complexidade, que atualmente estão concentrados no município de Itabuna.

A reivindicação, segundo o secretário de saúde do município de Itabuna, Eric Ettinger é pela liberação imediata dos recursos já reconhecidos pela SESAB, na recomposição do teto de Itabuna e a atualização dos valores pagos atualmente através do Sistema Único de Saúde – SUS. Segundo dados da Prefeitura, desde o retorno da Gestão Plena em 2013, o município acumula um déficit superior há R$ 15 milhões, o que vem gerando atraso no pagamento dos prestadores de serviço, como a Santa Casa de Misericórdia de Itabuna.
Nesse sentido, o presidente da Amurc e prefeito de Ibicaraí, Lenildo Santana revelou que as indagações ganharam força, e pela primeira vez traz a discussão da saúde para uma questão regional, não apenas local. “A reunião ganhou importância regional, por isso é o momento de lutarmos pela saúde e suas instituições, reforçar a importância do Fórum de Secretários de Saúde Municipais, como instrumento de avaliação e estratégia contínua, mas, sobretudo, somar todos os esforços dos segmentos políticos, sociais e institucionais para alcançarmos uma resposta do Governo do Estado para a Saúde Regional.”, explicou.
Nessa mesma perspectiva, o prefeito de Itabuna, Claudevane Moreira Leite enfatizou a necessidade de união com os prefeitos da região Sul da Bahia, pois entende que o problema não é só do município de Itabuna, mas de todos os municípios que necessitam dos serviços de saúde. “Estamos vivendo uma crise e precisamos cobrar dos Governos do Estado e da União, soluções imediatas, que passamos ter acesso a mais recursos. Saímos do encontro, fortalecidos, pois não é somente a voz do prefeito de Itabuna, mas da Amurc e de todos os municípios que precisam efetivamente desses recursos para que a gente possa melhorar a saúde na região”.
O encontro fortaleceu o Fórum de Secretários de Saúde dos Municípios, que segundo a presidente e secretária de saúde de Camacan, Aldeci de Almeida Bezerra, “foi um momento importante que precisava acontecer, entre secretários e os prefeitos, pois são eles quem nós representam politicamente, através da articulação à nível estadual e federal”. Ainda na reunião, foi definida a realização de oficinas para a construção de um diagnóstico das demandas da saúde nos municípios, e foi proposta a ideia é envolver as entidades e os poderes constituídos nas localidades, com o objetivo de informar a população sobre a atual situação da saúde regional. 
Por - Viviane Cabral/AMURC 

Nenhum comentário: