Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Servidores municipais de Ilhéus poderão
adquirir imóveis do “Minha casa, minha vida”


Os servidores públicos municipais de Ilhéus que possuem renda familiar mensal de 3 a 6 salários mínimos podem ser beneficiados com a aquisição de casa própria. Para discutir alguns pontos do acordo a ser firmado com a prefeitura, os secretários da Indústria, Comércio de Planejamento, Alisson Mendonça, e da Infraestrutura, Marconi Queiroz, se reuniram com diretores da empresa Runa Patrimonial, Nérope Martinelli e Murilo Valente, o engenheiro da construtora Vooxy, Miguel Moreira, além do consultor de mercado Paulo Machado. O encontro aconteceu nesta quarta-feira (1o), no salão de reuniões do Palácio Paranaguá, sede oficial do governo.

A proposta é construir em Ilhéus um conjunto residencial de condomínio fechado, através do programa federal “Minha casa, minha vida”. O objetivo ainda é beneficiar servidores que têm renda familiar mensal de até R$ 1.300,00. Para definir algumas cláusulas do convênio e adesão ao programa, outra reunião será marcada e terá a presença de representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinsepi) e da APPI-APLB-Sindicato.

Alisson Mendonça explicou que o interesse do atual governo é contribuir para a redução do déficit habitacional no município e ajudar o servidor público a ter acesso à casa própria. Ele afirmou que a próxima etapa será a discussão do local onde será construído o empreendimento imobiliário, o número de unidades habitacionais a ser oferecido e a área a ser construída. Ressaltou que uma das vantagens do convênio é que com o financiamento diferenciado o desconto para o servidor chega até R$ 17 mil, em forma de subsídio.

Segundo o empresário Nérope Martinelli, esse tipo de empreendimento com unidades habitacionais para servidores públicos municipais já está sendo desenvolvido em outras cidades pela sua empresa e é uma excelente oportunidade para elevar o nível de satisfação dos funcionários. “Outra grande vantagem é que as parcelas serão decrescentes, o que amplia a garantia de planejamento familiar”, ressaltou.
Secretaria de Infraestrutura define serviços

que serão executados nos morros de Ilhéus

Após vistoria técnica, a secretaria municipal de Infraestrutura começou a definir as obras que serão executadas em vários morros de Ilhéus. Na manhã de quarta-feira (1o), acompanhado de representantes das empresas MFP e Casapropria, o secretário Marconi Queiroz visitou os altos Nerival, Montes Claros, CSU, Carvalho e Esperança. As intervenções, que contemplam diversos outros morros da cidade, consumirão cerca de R$ 10 milhões, oriundos do Governo Federal, através do Ministério da Integração Nacional.

Durante a visita, ficou definido que o alto Montes Claros, na avenida Itabuna, ganha serviços de pavimentação, contenção de encostas, recuperação de escadarias e instalação de guarda-corpos. Já a comunidade do alto Nerival será beneficiada com pavimentação em paralelos, construção de passarelas, jardim com mirante e estabilização de encosta.

De acordo com o cronograma definido, o alto da Esperança ganha serviços de pavimentação, recuperação de escadarias e contenção de encostas. Por sua vez, o alto CSU será favorecido com contenção com alvenaria, recuperação de escadas e pavimentação em paralelos. Por fim, o alto do Carvalho contará com recomposição do pavimento, recuperação de escadarias, contenção de encostas e serviços de drenagem pluvial.

Os recursos também beneficiarão a avenida Itabuna, que ganha serviços de drenagem pluvial, construção de novas calçadas e recomposição asfáltica e em paralelos, e o Teotônio Vilela, que será favorecido com a dragagem do canal local de águas pluviais. Além dessas localidades, também serão ciontemplados altos de São João, Soledade, Formoso, Basílio, Coqueiro, Tapera, Seringal, Tabuleiro da Baiana, Amparo e Luiz Gama. Segundo o secretário, as obras devem começar nos próximos dias, com a utilização inicial de 250 trabalhadores.
Por: Walmir Rosário
Ascom/Ilhéus

Nenhum comentário: