quarta-feira, 5 de agosto de 2020

Fase 2 em Salvador veja como acontece o retorno de academias, bares e museus

Nas academias, todos de máscara e sem revezamento de aparelhos

Do - Correio da Bahia - O protocolo para os serviços que serão autorizados a reabrir na segunda fase da retomada econômica de Salvador foi apresentado nesta quarta-feira (5) pelo prefeito ACM Neto, durante evento de lançamento de um complexo viário do BRT. Na nova etapa, poderão funcionar academias de ginástica, salões de beleza e barbearias, centros culturais e museus e também lanchonetes, bares e restaurantes. Cada setor tem entre 35 a 40 regras a serem seguidas e o prefeito apresentou algumas delas.

O início da fase 2 ainda não tem uma data cravada. Para que ela comece, a cidade precisa passar por cinco dias com a taxa de ocupação de leitos de UTI para covid-19 igual ou abaixo de 70%. Ontem, o prefeito afirmou que faltavam mais três dias nessa semana para isso, mas que por conta do Dia dos Pais a estimativa era de começar essa fase na segunda (10), evitando aglomerações pela data comemorativa.

Nas academias, será obrigatório uso de máscaras em todas as atividades e fica proibido o revezamento. Elas  poderão funcionar de segunda a sábado, com horário livre - a definição caberá a cada estabelecimento. Elas terão permissão para realizar atividades individuais e coletivas com marcação no solo. Será obrigatório agendamento prévio. A permanência máxima será de 1h por usuário. Piscina continua com uso proibido.

Neste retorno, as academias devem manter capacidade de uma pessoa a cada 6 m². O afastamento mínimo deve ser de mais de 2m entre alunos de crossfit e outras aulas coletivas.

O protocolo determina higienização constante de aparelhos após uso, sem compartilhamento, número máximo de alunos por aula, medição de temperatura de funcionários e clientes, afastamento dos equipamentos para pelo menos 1,5m entre si. As academias de condomínios residenciais devem seguir este protocolo no que for cabível.

Já os salões de beleza poderão funcionar de segunda a sábado, das 10h às 19h. A operação deve ter atendimento individual, com agendamento de horário. Só serão permitidos acompanhantes para clientes que sejam crianças, idosos ou tenham alguma deficiência. Fica vedada a execução de serviços que necessitem a retirada da máscara durante o atendimento. Os salões devem funcionar com 30% da capacidade total.

Estes estabelecimentos também devem medir a temperatura de funcionários e clientes. O intervalo entre o atendimento de um cliente e outro deve ser no mínimo de 15 minutos, para que o local seja higienizado. Após cada uso, todo equipamento deve passar por deinfecção.

Bares, restaurantes, pizzaris, sorveterias e similares poderão reabrir com funcionamento de segunda a domingo, das 12h às 23h. Lanchonetes devem funcionar de segunda a domingo, das 7h às 16h. O serviço presencial deve ser a la carte e buffet com funcionário servindo - sem self service e sem rodízio. Delivery e retirada podem funcionar sem restrições de horário. 

Os estabelecimetnos devem manter distância de 2m entre as mesas e 1m entre cadeiras de mesas diferentes. O máximo é de 6 pessoas por mesa. A obrigatoriedade do uso de máscaras fica suspensa somente no momento das refeições. O cardápio deve ser digital ou plastificado, com higienização após cada uso. Clientes e funcionários devem ter a temperatura medida. Eventos estão proibidos no momento, incluindo música ao vivo.

Centros culturais, museus e galerias de arte devem funcionar das 10h às 16h de segunda a sábado e aos domingos sem restrições de horário.  A venda de ingresso deve ser preferencialmente virtual, com horário agendado. Quando o acesso for gratuito, o agendamento do horário também deve ser on-line. Durante toda a visitação, deve ser mantido um circuito de mão única nos locais. A capacidade total a ser obda será de 30%. 

Nesse primeiro momento, ficam proibidos uso de audioguias e visitas guiadas, assim como exposições interativas. Exibição de filmes ou vídeos só podem acontecer em espaços abertos, com duração máxima de 15 minutos. Clientes e funcionários devem ter a temperatura medida. 

“Precisamos ter o compromisso de cada um no cumprimento dessas regras e a fiscalização em conjunto com a prefeitura desses protocolos. Vamos ser rigorosíssimos com essas regras e não vamos tolerar nem meio descumprimento. O estabelecimento que não cumprir as regras vai ser interditado”, reforçou ACM Neto.

Ampliação de serviços da fase 1
Além disso, o prefeito anunciou também uma ampliação de serviço nas atividades já liberadas na fase 1. Shoppings e centros comerciais poderão retomar as praças de alimentação, com 50% da ocupação total. 

Também serão liberadas atividades da fase 2 que estavam fechadas em shoppings - academias, salões e restaurantes que ficam nestes centros e permaneceram fechadas durante a primeira fase. Essas atividades devem seguir o horário de funcionamento permitido aos shoppings.

Na segunda fase, obras em imóveis habitados poderão ter quatro funcionários trabalhando a cada 100 m² da residência.

Nenhum comentário:

Morre Elion Miranda em Itabuna

( Itabuna está de luto, nos  deixa  um dos  menino travesso  do Alto Maron  para a eternidade, o grande Elion!) Morreu no final da noite d...