Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Enfermeiros de Itabuna participam de formação para o trato com pacientes ostomizados

  Enfermeiros e técnicos de enfermagem da rede pública de saúde em Itabuna participaram durante todo o dia desta quinta-feira (7), de uma “atualização sobre prevenção e tratamento de feridas e cuidados com ostomias”. O evento foi uma iniciativa do Departamento de Média e Alta Complexidade (Demac) da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em parceria com a empresa Convatec.

O encontro que reuniu um grande público, aconteceu no auditório da própria secretaria e teve como finalidade além da atualização sobre o tema, estimular o profissional de saúde que lida com pacientes portadores de vários tipos de agravos, inclusive os ostomizados, conforme destacou uma das palestrantes, a enfermeira Antônia Ieda Silva, de Salvador.

Em sua apresentação, a enfermeira orientou os participantes de como acolher e compreender melhor um paciente ostomizados e também ensinou a forma correta do uso de equipamentos usados por esse tipo de paciente, a exemplo da bolsa de colostomia. ”Muitos pacientes sentem dificuldade em aceitar a nova condição de ostomizados e o conhecimento do profissional de enfermagem é fundamental para torna-lo apto a lidar com as transformações geradas pela estomia”, explicou Antônia Ieda.

Já a enfermeira Itabunense, Viviane Soares, abordou temas sobre colostomia, iliostomia e mastomia, além do tratamento e prevenção com lesões periestoma. “É  importante que o paciente tenha o acompanhamento de um profissional preparado pois o tratamento exige alguns cuidados especiais, principalmente no que se refere  à pele, que deve estar sempre limpa e seca.


O secretário de Saúde de Itabuna, Jozimar Salles, ressaltou a importância de eventos como o que foi promovido pelo Demac, “o que mostra a preocupação com a população assistida pela rede de saúde pública em Itabuna e em especial, pacientes portadores de colostomia e de outras como a mastomia”, frisou o  titular da SMS de Itabuna.

A diretora do departamento, Sandra Lacerda, também destacou a a importância do evento para os profissionais de saúde da rede municipal, ao comentar que o processo de reabilitação do ostomizados é complexo, o que exige a intervenção de diversos profissionais num trabalho integrado. “O profissional de enfermagem tem um papel significativo no atendimento, cuidado e tratamento do paciente ostomizado, daí  importância da atualização permanente”, concluiu a diretora do Demac.

Texto: Rosi Barreto
Fotos: Waldir Gomes

Nenhum comentário: