Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

“Consórcio Acácia Pastagem” será tema de encontro em Itabuna


   
“Consórcio Acácia com pecuária poderá gera até 200 mil reais por hectare”, afirma o Diretor do Escritório da Ceplac, da cidade de Taperoá, Waldo Britto, no último encontro dia 17, em Valença. O plantio de Acácia na forma de sistema agroflorestal com pastagens tem muitas vantagens, diversificação das atividades agregando renda, baixo custo de implantação, produção de madeira em torno de cinco anos, recuperação do solo degradado, alimentação para os animais, pois possui elevado teor proteico, bem como, suprir a necessidade de madeira nas fazendas, diz o diretor.

 Um outro beneficio importante, ressalta, é contribuir efetivamente para minimizar os impactos das estiagens na região e produção de mel. “A Acácia foi introduzida no Baixo Sul há vinte anos e já ultrapassa três milhões de árvores plantadas”. Destaca Waldo Britto, informando  que o maior produtor da Bahia é o Fazendeiro Ramiro Campelo, do município de Valença, com dois milhões de plantas. O Produtor rural e empresário itabunense Ivan Falcão implantará em caráter demonstrativo, em sua propriedade em Itabuna, trinta mil pés de Acácia em sua Fazenda.

Neste sentido uma visita técnica aos municípios de Taperoá, Valença e Camamu foi realizada no dia 17 de janeiro para conhecer a viabilidade de o projeto ser ampliado.

Neste encontro estiveram presentes os produtores: Ivan Falcão, Ronaldo, João Eudo e Joilson acompanhados pelo Diretor de Agricultura da Prefeitura de Itabuna Erlon Botelho e o Engenheiro Agrônomo do município Pedro Jeronimo.

 Um outro encontro está sendo preparado para o dia 05 de fevereiro de 2019 com o intuito de apresentar o projeto aos produtores de Itabuna e região. Já confirmaram presenças, Ramiro Campelo-Pecuarista, Waldo Britto-Ceplac, o pesquisador Ediney Magalhães, Doutor na área de Apicultura da CEPLAC e o pecuarista Carlos Roberto Della Libera, do Estado do Mato Grosso, proprietário da fazenda Paraná com seis (seis) milhões de árvores de Acácia Mangium plantadas.

Fotos: 
Pedro Jeronimo




Nenhum comentário: