Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

OPERAÇÃO VOSTOK Reinaldo Azambuja e filho devem se apresentar na sede da PF nesta quarta

Governador do MS é investigado por recebimento de propina em troca de benefícios fiscais a J&F/JBS Friboi
Do - Diário do Poder - O governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), e o filho, Rodrigo Souza Silva, devem se apresentar na seda da Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande ainda nesta quarta (12). Azambuja foi alvo da Operação Vostok, que investiga o pagamento de propina a representantes da cúpula do Executivo de Mato Grosso do Sul.
De acordo com delações de executivos da JBS, a empresa pagava propina à cúpula do governo de Azambuja em troca de benefícios fiscais. De acordo com as investigações, do total de créditos tributários auferidos pela empresa dos delatores, um percentual de até 30% era revertido em proveito da organização criminosa. Parte da propina acertada teria sido viabilizada antecipadamente na forma de doação eleitoral oficial, ainda durante a campanha para as eleições em 2014. O restante do dinheiro foi repassado em espécie, em 2015.
As investigações apontam que mais de R$ 200 milhões em impostos deixaram de ser recolhidos aos cofres públicos apenas nos dois primeiros anos da gestão de Azambuja.
Também foram alvos da operação o deputado estadual Zé Teixeira (DEM) e o ex-deputado federal tucano e atual conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Marcio Monteiro, além de empresários e fazendeiros.
Os agentes cumpriram mandado de busca e apreensão na casa do candidato à reeleição ao governo do estado, em Campo Grande, e na sede do governo do estado. Ao todo, foram expedidos 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária.

Nenhum comentário: