Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

terça-feira, 12 de junho de 2018

Igreja da Conceição quer saúde e bem estar para a turma da 3ª. Idade

Padre Adriano com uma das equipes da Pastoral Litúrgica 
 A Paróquia Nossa Senhora da Conceição lança projeto pioneiro para garantir saúde e bem estar de pessoas com idade a partir de 50 anos que moram nos bairros Conceição, Vila Zara, São Pedro e áreas próximas. Elas passarão a contar com atendimento médico e com atividades físicas acompanhadas por especialistas das duas áreas. Os interessados devem se inscrever na secretaria da igreja (Rua Bela Vista, anexa ao prédio da paróquia, no bairro da Conceição), entre as 8 da manhã e 18hs, com apresentação de um documento de identidade.


O idealizador do projeto, o Padre Adriano Oliveira Fernandes, explicou que a pessoa passará antes por uma avaliação feita pelas equipes das áreas de saúde e de educação física para os especialistas conhecerem o histórico de vida de cada um e com isso atender melhor cada caso. O atendimento é gratuito e acontece duas vezes por semana.

Padre Adriano informa que o projeto é direcionado a todas as pessoas a partir de 50 anos, independente de religião. Ele lembra que o papel da igreja, além de evangelizar, é também o de contribuir com a causa social, incluindo saúde e atividades físicas, “dois fatores importante que garantirão uma melhor qualidade de vida da população, em especial as famílias mais carentes”.  

Além de levar assistência médica e atividades físicas gratuitas à geração da terceira idade, o projeto da igreja católica do bairro da Conceição também tem o propósito de promover uma maior integração entre as famílias, em especial aquelas que vivem no isolamento.

“Muitas delas, por questão financeira, falta de incentivo ou de oportunidade, deixam de se cuidar e de participar de uma atividade física que ajuda a manter o corpo e a mente saudáveis e ainda une as famílias num momento prazeroso, onde a preocupação maior é a busca de uma vida saudável, participativa e feliz´, frisou o religioso.


 Por - Rosi Barreto

Nenhum comentário: