Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Assembleia discutirá reestruturação do Conselho Rural de Itabuna


Técnicos e representantes de diversas instituições públicas, civis e religiosas se reúnem em assembleia extraordinária, no próximo dia 5, a partir das 9hs da manhã, no Escritório Local da Ceplac, para discutir, dentre outros assuntos, a reestruturação do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural e Sustentável (CMDRS) de Itabuna.    

O diretor do Departamento de Agricultura da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, Erlon Botelho, destacou a importância da entidade, que visa, não apenas fomentar, mas também fiscalizar as politicas públicas para os produtores rurais do município, garantindo seus diretos e para eles sejam cumpridos.

Segundo Erlon, Itabuna está focada na reestruturação do CMDRS, principalmente para desmitificar que a agricultura não tem impacto positivo na economia local e regional. “Não só tem como é um importante setor produtivo e de geração de emprego e renda para centenas de famílias de produtores e de pequenos agricultores locais”.


O diretor destaca, por exemplo, que a bacia leiteira é altamente produtiva assim como a agricultura familiar que agrega hoje cerca de dois mil pequenos produtores rurais cadastrados na prefeitura. Ele afirma também que o município tem, inclusive, condições de dobrar a produção de cacau e de leite com metodologia, assistência técnica e extensão rural que no momento estão desencontradas.     

Na opinião do diretor, com a reestruturação do conselho, é possível, promover o fortalecimento das ações voltadas para o setor agrícola, desde que haja união das instituições que compõem a entidade.

O Conselho Rural de Itabuna é formado por instituições públicas federais, estaduais, municipais, rurais e urbanas, além de sindicatos, entidades religiosas e movimentos sociais e tem na presidência Lindinalva Matias dos Santos. (Ascom)

Nenhum comentário: