Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

domingo, 18 de março de 2018

Governador assina Ordem de Serviço do Teatro Municipal de Itabuna



O Governador Rui Costa e Prefeito de Itabuna, Fernando Gomes na manhã de hoje 18, assinaram a Ordem de Serviço para o reinicio das obras de conclusão do Teatro Municipal. Conforme anunciou o Governador as obras já começam nesta terça-feira 20, com recursos  de R$21 milhões.

A solenidade foi aberta, dentro de um clima de muita alegria, através dos atores Zélia Possidônio e Jailton Alves, recitando o poema “Nega Fulô”, da atriz Candinha Dórea, que dará o nome ao Teatro Municipal, que segundo o Governador será maior do Estado, ficando abaixo só do Teatro Castro Alves na capital.   

    
Infraestrutura - O Teatro Municipal de Itabuna, que terá o nome da mãe da arte em Itabuna, atriz Candinha Dorea, terá capacidade para 581 lugares, antecâmaras, housemix, palco, plateia, passarelas técnicas sobre a plateia, varandas de manobra e de cargas sobre o palco, sofita, salas de sonorização e de luz cênica, dispondo ainda de foyer, sala multiuso, sala de dança, camarins coletivos e individuais, cafeteria, bilheteria, administração e sala de reunião.

Rui, ainda autorizou: 

Convênio de gestão de unidade de semiliberdade no município com o Instituto Monte Serrat e Adjacências (Monsa), e a Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac) a celebrar cessão de imóvel com a prefeitura para instalar a Casa de Abrigamento Regionalizada para Mulheres Vítimas de violência.

Paralisadas há mais de 10 anos, as obras do Teatro Municipal representam a retomada da cultura local da terra de Jorge Amado, que merece uma grande obra desse porte.

Antes, a comitiva do Governador, composta pelos deputados: Paulo Magalhães, Davidson Magalhães, Ângela Souza, secretários de Estado, prefeitos regionais e vereadores, inaugurou a Encosta Vereador Josué Brandão e a UPA 24 do Bairro Monte Cristo, que atenderá 150 pacientes/dia.    
Fotos: Alex de Souza    


Nenhum comentário: