Lixo

Itabunense seja educado não jogue lixo na rua e nem no Rio Cachoeira. A Natureza agradece!

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

DESEMBARGADOR DO AMAZONAS É ACUSADO DE ABUSAR DA NETA

PEDOFILIA
DESEMBARGADOR DO AMAZONAS É ACUSADO DE ABUSAR DA NETA DESDE OS 7 ANOS
DENÚNCIA FOI FEITA NESTA QUARTA PELA MÃE DA MENINA, AGORA COM 15 ANOS
Publicado: 22 de fevereiro de 2018 às 12:22 - Atualizado às 12:24
DESEMBARGADOR APOSENTADO RAFAEL ROMANO É ACUSADO DE ABUSAR DA NETA POR SETE ANOS (FOTO: TJAM/REPRODUÇÃO)

Do - Diário do Poder - O desembargador aposentado do Tribunal de Justiça do Amazonas Rafael de Araújo Romano foi acusado pela nora, a advogada Luciana Pires, de ter abusado sexualmente por sete anos da neta. Agora com 15 anos, a menina sofria os abusos desde os sete.
Em uma postagem na rede social, Luciana diz “expor a todos o horror q tenho passado nessa semana com o desabafo e o pedido de socorro de minha filha. Ela foi vítima da pior crueldade q uma criança pode passar, um monstro horroroso que na situação de AVÔ PATERNO usou disso p MOLESTAR, ABUSAR das piores formas possíveis da própria neta, dentro de casa, no convívio familiar onde pensamos q nossas crianças estariam em segurança.” A advogada denunciou ainda o desembargador ao Ministério Público Estadual do Amazonas (MPE-AM)
Por 16 anos, Rafael Romano foi juiz da Infância e da Juventude de Manaus, fazendo parte de casos polêmicos envolvendo a exploração sexual infantil. O desembargador aposentado foi relator da Operação Estocolmo, em 2012, em que empresários da capital amazonense, um deputado e um cônsul foram denunciados pelo MPE-AM. Rafael Romano participou ainda do julgamento do ex-prefeito de Coari Adail Pinheiro, que chegou a ser preso por crimes sexuais contra menores de idade.
A advogada deu uma entrevista ao radialista Ronaldo Tiradentes na tarde desta quarta. Confira um trecho da entrevista:
Veja a denúncia feita pela advogada nas redes sociais:

Nenhum comentário: