sexta-feira, 14 de julho de 2017

Prefeitura criará programa que incentiva a preservação dos recursos hídricos

Com a proposta de criar mecanismos que incentivem a conservação dos recursos hídricos no município, a Prefeitura Municipal de Itabuna, através da Secretaria de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente, via Departamento de Agricultura, está em fase de implantação de um programa intitulado “Produtor de Água”. A meta é implementar ações para conservação das nascentes através de um trabalho realizado com os agricultores familiares do município.

Para isso, foi contratado o serviço especializado do engenheiro agrônomo Volnei de Souza, que é especialista em Biologia Florestal. Ele prestará um trabalho de assessoria para realização deste projeto piloto. A ideia, de acordo com Volnei, parte do Programa de Pagamentos de Serviços Ambientais – mecanismo financeiro que contribui para mitigação e adaptação das mudanças climáticas, através de um processo de gestão qualificada dos recursos naturais.

“O pagamento de serviços ambientais gera sustentabilidade e interferência na paisagem, e através do Programa “Produtor de Água”, a intenção é incentivar e ao mesmo tempo qualificar os agricultores familiares para serem os gestores do próprio espaço, e em especial da nossa bacia hidrográfica”, explica Volnei de Souza. O diretor de Agricultura, Erlon Botelho, completa ressaltando que além dos benefícios ambientais, esta ação da administração municipal permitirá reconectar o homem do campo ao meio ambiente através da conscientização ambiental.

“Precisamos recuperar nossas nascentes, e este será um grande passo em virtude das dificuldades hídricas já enfrentadas pelo município”. E lembra que o Itabuna tem cerca de 1.500 famílias de agricultores familiares vivendo no campo. “Este é um dado muito positivo. Temos uma população significativa no campo e precisamos reunir esforços com quem vive em contato direto com as nossas nascentes”.

O Secretário John Nascimento finaliza ressaltando a importância de ações como esta, que trarão um impacto positivo no meio ambiente, na vida social e econômica do município. “Esta é uma proposta de desenvolvimento ambiental com bases conservacionistas, tendo como foco o respeito à biodiversidade, os recursos hídricos e o solo”, frisou o Secretário, lembrando que o governo municipal já investe em outras ações deste mesmo cunho, lembrando o projeto Cidade Limpa, que visa disciplinar a limpeza urbana e pune com multa as infrações ambientais e a colocação de lixo e entulho nas ruas.

Nenhum comentário: