DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991. O FORRÓ DO KARUÁ E DJ GUIGUI FARÃO A ANIMAÇÃO! E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

terça-feira, 4 de julho de 2017

Polícia erradica mais de 100 mil pés de maconha irrigada em Mirangaba


O plantio de maconha em Mirangaba contava até com sistema de irrigação (Foto: SSP/Divulgação)
O plantio de maconha em Mirangaba contava até com sistema de irrigação (Foto: SSP/Divulgação)
Mais de 115 mil pés de maconha encontrados na zona rural de Mirangaba, no Norte da Bahia, distante 369 quilômetros de Salvador, foram erradicados. O anúncio foi feito, nesta terça-feira (4), pelo delegado Eduardo Brito, responsável pela 16ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Jacobina.
Segundo ele, equipes da unidade localizaram duas plantações, na quarta-feira (28), durante operação de combate ao tráfico de drogas. A primeira ficava no povoado de Trincheira, com aproximadamente 100 mil pés da droga. A outra, com outros 15 mil pés, numa fazenda na localidade Lagoa da Cana Brava.
O delegado disse que os policiais foram recebidos a tiros por um grupo de homens que cuidava da droga. Houve confronto, mas eles conseguiram fugir. Além da maconha, os policiais apreenderam também sementes e armas de fabricação caseira. As plantações contavam com sistema de irrigação e, nas imediações, havia um acampamento com estoque de alimentos.

O delegado Eduardo Brito instaurou inquérito para identificar o proprietário da droga e das áreas onde os pés de maconha estavam sendo cultivados. O material apreendido foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde passará por exames periciais.

Nenhum comentário: