DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991. O FORRÓ DO KARUÁ E DJ GUIGUI FARÃO A ANIMAÇÃO! E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Professores de Itabuna tem aumento de 7,64% pela Câmara


Chico Reis
Legislativo de Itabuna concentra pauta de votações perto do recesso

Depois de aprovar aumento de 7,64% para professores na última terça, 20, o Legislativo itabunense deve apreciar outros sete projetos de lei antes do recesso parlamentar tão logo seja concluída a tramitação das Diretrizes Orçamentárias. Para concluir a pauta de votações do primeiro semestre, o presidente Chico Reis (PSDB) estenderá as sessões ordinárias até sexta, 30. “Votaremos todos os projetos em tramitação na Casa, incluindo a LDO”, frisou.

Em Plenário, os vereadores votarão, em segunda discussão, o programa Itabuna Limpa, proposto pelo Executivo, e o projeto para alterar a legislação que trata da fiscalização do serviço de saneamento básico (água e esgoto) por sugestão dos vereadores Babá Cearense (PHS) e Beto Dourado (PSDB). 

Na reunião das comissões técnicas desta terça, 27, são aguardados os pareceres de Zico (PTC) sobre o reajuste anual (fixado em 5,5%) para servidores efetivos (ativos e inativos) da Prefeitura e de Pastor Francisco (PRB) referente aos novos valores do auxílio-alimentação (R$ 60 e R$ 150).

A expectativa da Mesa Diretora é que a recriação da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Itabuna (Arsepi) também seja apreciada antes do recesso. O parecer do relator Ricardo Xavier (PPS) já está concluído, mas precisa ser deliberado pelas comissões antes de subir para o Plenário.  

Por fim, tramita na Casa de Leis a proposta do Executivo para criar o programa de Recuperação Fiscal (Refis). O projeto de lei busca o refinanciamento de R$ 100 milhões em dívidas de contribuintes itabunenses.

Nenhum comentário: