DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

segunda-feira, 19 de junho de 2017

ITENS PROIBIDOS PELA ANVISA AINDA SÃO USADOS EM HOSPITAIS PÚBLICOS

IRRESPONSABILIDADE
ITENS PROIBIDOS PELA ANVISA AINDA SÃO USADOS EM HOSPITAIS PÚBLICOS DO DF
TRINTA PRODUTOS DE EMPRESA SÃO USADOS EM EMERGÊNCIAS E UTIS NEONATAIS
ATRINTA PRODUTOS VETADOS PELA ANVISA AINDA SÃO UTILIZADOS EM HOSPITAIS DA REDE PÚBLICA DO DISTRITO FEDERAL (FOTO: EBC)

Do - Diário do Poder - Mesmo após proibição da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), publicada em maio no Diário Oficial da União (DOU), trinta produtos da empresa Vic Pharma Indústria e Comércio Ltda. ainda estão sendo usados em hospitais da rede pública de saúde do Distrito Federal.
Os itens são utilizados em emergências e unidades de terapia intensiva (UTIs) neonatais. A Anvisa determinou o recolhimento desses produtos por não seguirem as normas das Boas Práticas de Fabricação (BPF) de medicamentos. Mesmo assim, os funcionários de alguns hospitais públicos da capital não têm escolha a não ser usar as substâncias proibidas.
Entre os itens vetados pela agência estão tipos de álcool 70%, usados para desinfetar áreas do corpo, e álcool iodado – substância aplicada em regiões que passaram por sutura após cirurgias.
Segundo o GDF, a compra de novos medicamentos e produtos já está sendo providenciada por meio de abertura de licitação.

Nenhum comentário: