segunda-feira, 12 de junho de 2017

Executivo de Itabuna desiste de reduzir gratificações de docentes

O prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, confirmou ao Legislativo, por ofício, a retirada de tramitação do projeto de lei que reduziria os percentuais da gratificação dos professores na função de direção. A proposta, cujo relator na Casa era Robinho (PP), visava diminuir os custos num percentual de 65%. Nesse sentido, diretores em escolas de pequeno, médio e grande porte deixariam de receber os atuais 70%, 85% e 100%, respectivamente, para ganhar 50%, 60% e 70%.

Ainda durante a tramitação, vereadores reuniram-se com o chefe do Executivo itabunense e sugeriram que a matéria saísse de pauta no Legislativo. Para o Governo, a redução nas gratificações era necessária para não inviabilizar investimentos. “A Secretaria Municipal de Educação, desde 2016, vem aplicando 92% do mínimo dos 25% dos recursos vinculados, que inclui os do Fundeb, para pagar pessoal”, alegava o Executivo.  

Da Assessoria de comunicação     

Nenhum comentário: