DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

terça-feira, 13 de junho de 2017

COMEÇOU AUDITORIA DOS ESTÁDIOS PELO TCDF

ROMBO NOS COFRES
TCDF INICIA ANÁLISE DA PRIMEIRA DAS NOVE AUDITORIAS REFERENTES AO MANÉ GARRINCHA
PROCESSO EM PAUTA ANALISA PREJUÍZO DE R$ 67,7 MILHÕES DA ARENA
Publicado: 13 de junho de 2017 às 08:05 - Atualizado às 08:08

PRIMEIRA DAS NOVE AUDITORIAS REFERENTES AO MANÉ GARRINCHA COMEÇA NESTA TERÇA (13) NO TRIBUNAL DE CONTAS DO DISTRITO FEDERAL (FOTO: TONY WINSTON/ABR)

Do - Diário do Poder - A primeira das nove auditorias referentes as irregularidades nas obras do Estádio Mané Garrincha pode começar a ser julgado pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), nesta terça (13). O prejuízo analisado no processo em pauta é de cerca de R$ 67,7 milhões.
Investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal (MPF) apontaram um sobrepreço de R$ 900 milhões na obra da arena brasiliense. As informações foram apuradas a partir das delações de ex-executivos da Andrade Gutierrez. A construção que deveria custar R$ 690 milhões acabou custando R$ 1,5 bilhão. O valor superfaturado causou um rombo de R$ 1,3 bilhão nos cofres da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap).

Os problemas apontados pelo TCDF foram serviços com preços acima dos de mercado; subcontratação de serviços sem as normas exigidas e autorização da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap); cálculos incorretos do percentual de aditivos contratuais; pagamento irregular de vale-transporte para funcionários da obra; utilização indevida de encargos trabalhistas; duplicidade de custos de alguns equipamentos; e previsão de equipamentos e insumos incompatível com a metodologia.
Dúvida
Apesar de estar na pauta da Casa, a auditoria pode ser adiada. Com as delações da Andrade Gutierrez, houve um rompimento do consórcio da empreiteira com a Via Engenharia. Dessa forma, os advogados não podem mais defender o interesse das duas empresas. Uma renúncia da defesa é esperada para esta terça, o que pode atrasar o julgamento.
Operação Panatenaico
No fim de maio, a PF deflagrou a Operação Panatenaico, que investiga a organização criminosa que fraudou e desviou recursos das obras de reforma do Mané Garrincha. Os policias federais cumpriram dez mandados de prisão temporária; na lista estavam os ex-governadores Agnelo Queiroz (PT) e José Roberto Arruda (PR), o ex-vice-governador e ex-assessor de Michel Temer Tadeu Filippelli (PMDB), além de sete ex-gestores do GDF. Todos os presos na operação já foram liberados.

Nenhum comentário: