DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991. O FORRÓ DO KARUÁ E DJ GUIGUI FARÃO A ANIMAÇÃO! E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

quinta-feira, 29 de junho de 2017

Carletto comemora nova portaria que libera pesca

Carletto comemora nova portaria que libera pesca e comercialização de diversas espécies de peixes

Sempre na defesa dos pescadores, o deputado federal Ronaldo Carletto (PP) comemorou a publicação da Portaria nº 217, do Ministério do Meio Ambiente, que permite por um ano a pesca e a comercialização de diversas espécies de peixes que estavam com a pesca proibida em decorrência da Portaria nº 445. A nova portaria libera todas as espécies classificadas como vulneráveis. 475 espécies estavam incluídas na Portaria 445, sendo que 173 estavam classificadas como vulneráveis e agora poderão ser pescadas e comercializadas.


O parlamentar ressaltou sua satisfação com mais essa conquista para os pescadores. “Sou extremamente ligado aos pescadores. Recentemente participei uma audiência com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, com o objetivo de adotar providências urgentes para revisão, suspensão ou anulação da Portaria nº 445, que causaria um grande impacto econômico e social na vida dos pescadores que sobrevivem da atividade pesqueira. Temos muito que comemorar. Os pescadores, especialmente os artesanais, e seus familiares têm meu total apoio, especialmente pela importância da pesca e por sua contribuição socioeconômica. Também sou a favor da realização de estudos que mostrem um real levantamento das espécies ameaçadas de cada localidade e região”, salientou.


Fonte: Ascom do deputado federal Ronaldo Carletto (PP)

Nenhum comentário: