domingo, 11 de junho de 2017

Caixa também abrirá mais cedo nesta segunda para facilitar liberação do FGTS

FGTS: Caixa também abrirá mais cedo nesta segunda, terça e quarta-feira

Mariana Branco
As agências da Caixa no Distrito Federal (DF) ficaram movimentadas ontem com pessoas buscando informações ou sacando o saldo das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O banco estima que a nova fase de saques levará 130 mil pessoas aos bancos do DF e injetará um total de R$ 200 milhões na economia local.
O calendário de saques do FGTS das contas inativas está previsto para terminar em 31 de julho (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
O calendário de saques do FGTS das contas inativas está previsto para terminar em 31 de julho (Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil)
Um total de 2.015 agências em todo o país funcionam entre 9h e 15h deste sábado para atender aos nascidos entre setembro e novembro. As unidades da Caixa também abrirão duas horas mais cedo na segunda (12), terça (13) e quarta-feira (14) na maior parte do país.
Na maioria das agências, que abriria às 11h, o atendimento foi antecipado para 9h. Para as agências que já abrem rotineiramente às 9h, o atendimento se estenderá das 8h até uma hora a mais do que o normal. Embora o funcionamento destine-se aos nascidos entre setembro e novembro, nascidos em meses anteriores que ainda não tenham efetuado o saque também podem comparecer.
O atendimento ao grupo que faz aniversário nos meses de setembro, outubro e novembro iria ocorrer a partir da próxima sexta-feira (16), mas foi adiantado. “O motivo de adiantar para sábado é esvaziar as agências durante a semana”, afirma José Eirado, vice-presidente de Tecnologia da Caixa. Segundo ele, a movimentação no Distrito Federal neste fim de semana é intensa.
“Está bem mais intensa, maior que no último mês mas não chega a ter sobrecarga [no atendimento]”, destacou. Eirado informou que o banco público destacou vice-presidentes para acompanhar o movimentado em várias agências do país.
Para o carpinteiro Hamilton Militão Filho, 52 anos, a possibilidade de saque veio no momento certo. “Vou usar para pagar as contas. Estou desempregado há quatro anos. Quero voltar a trabalhar ‘fichado’ [com carteira assinada] mas ainda não apareceu nada”, disse ele, que foi no fim da manhã à agência da Caixa Econômica Federal no centro de Taguatinga, cidade há 20 quilômetros de Brasília.
O calendário de saques do FGTS das contas inativas está previsto para terminar em 31 de julho, com a autorização de saque para os nascidos em dezembro.
Segundo balanço da Caixa, de janeiro a agosto, já foi sacado 95% dos R$ 27 bilhões que eram estimados para o período. Até o fim da ação para saque dos recursos, é estimado que R$ 43 bilhões tenham sido retirados das contas. Pode fazer o saque quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015.

Nenhum comentário: