segunda-feira, 29 de maio de 2017

UFSB discute com Prefeitura de Itacaré vagas para os estudantes quilombolas

Representantes da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) se reuniram nesta segunda-feira no Centro Cultural Porto de Trás, com membros da Prefeitura de Itacaré e de comunidades quilombolas do município para discutir e divulgar sobre o processo seletivo para a ocupação de vagas destinadas aos povos indígenas e quilombolas na instituição. De acordo com o edital 12/2017, estão sendo disponibilizadas nesse processo seletivo duas vagas para estudantes quilombolas para a Área Básica de Ingressos para as Licenciaturas Interdisciplinares na Rede Anísio Teixeira de Colégios Universitários da UFSB, sendo uma no Colégio Universitário e Itabuna e outra em Ilhéus.


As inscrições podem ser realizadas até às 23h59min desta terça-feira, dia 30 de maio, mediante preenchimento de formulário disponível no endereço eletrônico https://goo.gl/forms/hzWZdzcvd2K92oM2, ou no site da UFSB. Não será realizada prova. Para se inscrever o interessado deverá preencher corretamente o número do CPF, com o qual a UFSB solicitará ao INEP as notas dos candidatos no ENEM 2015 e 2016. A lista dos classificados será divulgada no endereço eletrônico da UFSB a partir do dia 07 de junho. Já a matrícula acontecerá presencialmente, no Colégio Universitário escolhido pelo candidato, no período de 08 a 12 de junho.


Durante o encontro o secretário de Relações Institucionais da Prefeitura de Itacaré, Ed Camargo, e o Assessor de Planejamento, Cleber Miranda, reafirmaram que o prefeito Antônio de Anízio já teria manifestado o interesse de implantar um Colégio Universitário da UFSB em Itacaré, facilitando assim o acesso dos estudantes do município ao ensino superior. Já os representantes das comunidades quilombolas questionaram a pequena quantidade de vagas nesse processo seletivo e solicitaram que a UFSB estude a possibilidade de ampliar esses benefícios. No encontro ficou acertado que novas reuniões serão agendadas entre a UFSB, a Prefeitura, as comunidades quilombolas e diversos outros segmentos da cidade para viabilizar a implantação do Colégio Universitário de Itacaré.

Nenhum comentário: