DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

quarta-feira, 31 de maio de 2017

SENADO APROVA FIM DO FORO PRIVILEGIADO

70 A 0
SENADO APROVA FIM DO FORO PRIVILEGIADO COM NOVA UNANIMIDADE
SENADO APROVA FIM DO FORO PRIVILEGIADO E PEC VAI PARA A CÂMARA
Publicado: 31 de maio de 2017 às 18:43 - Atualizado às 18:57
ALGUNS PONTOS COMO A PROIBIÇÃO DA PRISÃO DE PARLAMENTARES ANTES DO TRÂNSITO EM JULGADO DAS AÇÕES FORAM MANTIDOS. FOTO: JEFFERSON RUDY/SENADO

Do - Diário do Poder - O plenário do Senado aprovou, em 2º turno, por unanimidade (70 a 0), a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que acaba com o foro privilegiado de cerca de 54 mil autoridades. O painel mostrava 69 votos a favor e uma abstenção, mas a senadora Lúcia Vânia (PSB-GO) pediu a correção ao informar no microfone que se atrapalhou e votou "Abstenção" em vez de "Sim".
O relator, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), afirmou que foi preciso ceder em alguns pontos para garantir o acordo de aprovação da matéria. "Houve acordo com as lideranças apenas em relação à extinção do foro privilegiado propriamente dito, para as autoridades dos três Poderes, à exceção dos seus respectivos Chefes", disse.
Alguns pontos como a proibição da prisão de parlamentares antes do trânsito em julgado das ações foram mantidos. A PEC segue agora para análise na Câmara dos Deputados.

Nenhum comentário: