DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

sexta-feira, 26 de maio de 2017

MORO OUVE QUATRO TESTEMUNHAS DE ACUSAÇÃO CONTRA LULA

PROPINA DA ODEBRECHT
MORO OUVE QUATRO TESTEMUNHAS DE ACUSAÇÃO CONTRA LULA, NESTA SEXTA-FEIRA
YOUSSEF, BAIANO, PASCOWITCH E CERVERÓ FALAM A SÉRGIO MORO


Do - Diário do Poder - Nesta sexta-feira (26), o juiz Sérgio Moro vai ouvir mais quatro testemunhas de acusação contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A ação apura a denúncia de pagamento de propina por parte da Obrebrecht ao petista. A audiência está marcada para começar às 14h.
Serão ouvidos o doleiro Alberto Youssef, o lobista Fernando Falcão Soares, conhecido como Fernando Baiano, o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró e o lobista Milton Pascowitch. Os quatro são delatores na Operação Lava Jato e já foram condenados.

Os depoimentos fazem parte das audiências de instrução, quando são ouvidas testemunhas de acusação e de defesa. Essa etapa deve se encerrar em 12 de julho, depois disso, os réus devem ser ouvidos.
Nesta ação, Lula é acusado de ter recebido propina da Obrebrecht por meio de um terreno, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, e um apartamento, na mesma região. O imóvel é vizinho ao que o petista mora. E o terreno seria utilizado para a construção da nova sede do Instituto Lula.

Nenhum comentário: