segunda-feira, 8 de maio de 2017

Faculdade Santo Agostinho em Itabuna

Convênio acelera implantação do curso de Medicina da Faculdade Santo Agostinho em Itabuna

O prefeito Fernando Gomes presidiu, no auditório do Hospital de Olhos Beira-Rio, a solenidade de assinatura do Contrato Organizativo da Ação Pública da Saúde, que define as ações para implantação do curso de medicina das Faculdades Santo Agostinho em Itabuna, com inauguração da sede prevista para 28 de julho e realização de vestibular ainda este ano, com a oferta também de cursos nas áreas de engenharia e arquitetura. Na oportunidade, o prefeito destacou o envio para o legislativo do projeto que transforma Itabuna numa Cidade Universitária, consolidando o principal polo de educação e serviços da região sul da Bahia, ampliando as perspectivas de geração de emprego e renda uma das prioridades de governo.


Lembrando que em cinco mandatos como prefeito sempre priorizou os investimentos em educação, saúde e trabalho, o prefeito Fernando Gomes considerou que ”este é um dia de felicidade para Itabuna e amplia as perspectivas para investimentos na área de educação através de uma parceria entre o governo e a iniciativa privada”. Ao salientar que Itabuna completa este ano 107 anos de emancipação, ele observou que construiu ao longo dos anos de governo 117 salas de aula, enquanto os demais gestores construíram apenas 54  unidades.

destacou que educação deve ser uma prioridade em qualquer projeto de desenvolvimento e um investimento de largo alcance social. Falou também do projeto da Cidade Universitária que tem o objetivo de promover um ambiente favorável ao desenvolvimento da educação superior e facilitar a implantação de novos cursos, além de promover o incentivo à inovação e ao empreendedorismo universitário.

 Na saúde, o prefeito salientou a implantação do Hospital de Base, construído com recursos do município e que atende a pacientes de 160 municípios, funcionando como uma referência regional. Destacou ainda a construção da Maternidade da Mãe Pobre, que foi implantada com recursos próprios e já realizou ao longo dos anos mais de 100 mil partos: “também me orgulho da luta e da mobilização regional em defesa do curso de medicina da Uesc e o apoio dado para a implantação em Itabuna da FTC e agora às Faculdades Santo Agostinho”, complementou.

Fernando Gomes anunciou ainda, que no próximo ano vai formalizar a doação do terreno para a construção do campus de Itabuna, que vai abrigar os diversos cursos oferecidos através dessa Instituição de Ensino Superior. As Faculdades Santo Agostinho têm campus também em Montes Claros, Sete Lagoas e Vitória da Conquista, com 15 mil alunos.

Numa análise dos quatro primeiros meses de governo, o prefeito falou da preocupação com a geração de emprego e renda, o que se consolida não só com a implantação das Faculdades Santo Agostinho, como também através de contatos com empresários de Brusque (SC), que vai resultar na implantação da Havan, uma das maiores redes de lojas de departamentos do país, o que vai possibilitar a geração de mais postos de trabalho para mão de obra local. Itabuna também deve ganhar um centro de abastecimento.

Ao considerar que Itabuna é uma referência para uma região com mais de dois milhões de habitantes, Fernando Gomes defendeu uma união de esforços entre Governo, Câmara Municipal e iniciativa privada no fortalecimento do principal polo de comércio e serviços da região.

A solenidade de assinatura do protocolo contou com a presença do secretário Ciência, Tecnologia e Inovação, José Vivaldo Mendonça, que representou o governador Rui Costa, além de prefeitos da região, Vereadores de Itabuna, autoridades civis e militares, bem como todos os Secretários Municipais e dirigentes da FICC, FASI, Fundação Marimbeta e da Emasa.

Nenhum comentário: