DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

quinta-feira, 6 de abril de 2017

Primeira Escola de Tempo Integral do município de Camamu.

O Colégio Joaquim Marcelino Borges está sendo reformado para abrigar a primeira Escola de Tempo Integral do município de Camamu. A previsão de término da reforma será para os próximos dias.


O que se pretende com a  educação integral é desenvolver os alunos de forma completa, em sua totalidade. Muito mais do que o tempo em sala de aula, a educação integral reorganiza espaços e conteúdos. Um grande desafio, mas que já começa a tomar forma em Camamu.

A escola de tempo integral tem uma jornada diária de 08 horas, o aluno entra pela manhã, almoça na escola e no  turno seguinte tem atividades  complementares. Atividades como jogos, esportes, artes, oficinas.

Com isso os professores procuram mostrar como se relacionam as diversas áreas do conhecimento; uma relação entre o que se aprende na sala de aula e o que se pode vivenciar na prática.  "Camamu não poderia ficar de fora do processo de aprendizagem atual. A escola de tempo integral é uma inovação,  iremos começar com o Marcelino, como um projeto piloto, mas a ideia é ampliar esse projeto futuramente para atender ainda melhor os nossos alunos". Comenta a prefeita Ioná Queiroz.
Atividades complementares que valorizem a individualidade de cada aluno e o integre no processo educativo, tornando mais prazerosa a experiência na escola proporcionando ao aluno uma forma mais completa de aprendizado.
Alguns municípios da região já experimentam a Escola de Tempo Integral e tem grande aceitação da população.(Ascom/Camamu)

Por - Aleilton Oliveira

Nenhum comentário: