DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

quarta-feira, 12 de abril de 2017

CORRUPÇÃO DE PAI PARA FILHO

QUEM SAI AOS SEUS, DEGENERA
NA POLÍTICA, COMO REVELA A LAVA JATO, QUEM SAI AOS SEUS DEGENERA MESMO
PAIS E FILHOS ILUSTRES TÊM POSIÇÃO DE DESTAQUE NA LISTA DE FACHIN
Publicado: 12 de abril de 2017 às 00:01 - Atualizado às 22:21
PAIS E FILHOS ILUSTRES TÊM POSIÇÃO DE DESTAQUE NA LISTA DE FACHIN.
Citado para indicar a boa índole de filhos, o ditado “quem sai aos seus não degenera” não serve para explicar pais e filhos investigados na Lava Jato, por ordem do ministro Luiz Fachin. O ex-presidente Lula e os filhos Lulinha e Luiz Claudio, o senador Renan Calheiros e o filho governador de Alagoas estão na mesma lista do governador potiguar Robinson Faria (PSD) e o filho, deputado Fábio. O filho, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, faz companhia ao pai, César Maia (DEM), assim como o deputado Zeca Dirceu (PT-PR) não nega que é filho de José Dirceu, ex-"primeiro-ministro" de Dilma preso em Curitiba. Também o governador Tião Viana e o irmão Jorge Viana (PT) têm a Polícia Federal na cola. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.
Na lista há casais como as senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e o marido Eron Bezerra, além de Marta Suplicy com Márcio Toledo.
Estão na lista a senadora Kátia Abreu (PMDB-TO) e o maridão, Moisés Pinto Gomes, que nas investigações foi mencionado como “Momô”.
Paulo Bernardo está na lista de Fachin, ao contrário de sua mulher senadora Gleisi Hoffmann (PT), que já é ré na Lava Jato
O deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB) figura na lista dos políticos a serem investigados, mas, surpresa, o irmão Geddel Vieira Lima, não.

Nenhum comentário: