DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

segunda-feira, 20 de março de 2017

Secretaria de Assistência Social inicia atividades da Semana Nacional de Mobilização contra o Aedes aegypti

  
A Secretaria Municipal de Assistência Social de Itabuna (SAS) deu início na manhã desta segunda-feira (20) a distribuição dos repelentes às gestantes beneficiárias do programa Bolsa Família. A ação faz parte da Semana de Mobilização Nacional Contra o Mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya. A equipe de endemias da Secretaria de Saúde abriu as atividades com uma palestra que tratou sobre as diversas formas de prevenção das doenças; destacando a conscientização do cidadão para a responsabilidade do cuidado dentro de casa.

Em Itabuna, a guerra ao Aedes aegypt se tornou prioridade do governo municipal e as ações de combate mobilizam todas as secretarias municipais e a sociedade civil organizada. Para a secretária de Assistência Social, Sanda Neilma, é fundamental conscientizar a população quanto a sua importância nessas medidas preventivas, bem como o apoio de toda a sociedade em torno das ações do poder público, que visam combater a proliferação dos focos de reprodução do mosquito. Veja a seguir mais informações de Itabuna 


De acordo com Carol Suzart, Diretora do Departamento de Combate à Pobreza da Assistência Social, “é importante que cada cidadão reconheça a importância de limpar suas casas, como forma de prevenir a proliferação do Aedes aegpti. E a distribuição dos repelentes é justamente para evitar a que as mães sejam picadas por esse mosquito que é transmissor de tantas doenças.” – explicou.

A programação da Semana de Mobilização Contra o Aedes aegypti na SAS continua até o dia 24 de março. As atividades acontecerão nos Centros de Referências - CRAS 1, CRAS CEU e CRAS II, nos bairros Nova Ferradas, Urbis IV e Jardim Grapiúna, respectivamente. Além da entrega dos repelentes, uma serie de palestras, apresentações de fantoches e distribuição de informativos sobre o combate ao mosquito fazem parte da programação. O objetivo da SAS é distribuir o total de 2.300 repelentes à 575 gestantes beneficiárias do programa social.

Itabuna deflagra combate à dengue nos bairros Carlos Silva, Fonseca e Novo Fonseca

A Secretaria de Saúde de Itabuna deflagrou, como prioridade de governo, no último sábado (18), as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti em  bairros onde foi constatado um elevado índice de infestação predial, mas que será ampliado para toda a área urbana da cidade. O trabalho foi iniciado no bairro Carlos Silva/ Andarai, com um índice de 60% de criadouros em residências, nos 1.224 imóveis cadastrados, além do Fonseca (40%) e Novo Fonseca (34%).

O diretor do Departamento de Vigilância à Saúde,  Lucas Santana, considera que em função do elevado índice de infestação predial, que é em média de 24%  em Itabuna, o que representa um risco para a população de um surto epidêmico,  são necessários os mutirões promovidos pela Secretaria Municipal da Saúde com a mobilização de todos os setores do governo e da comunidade itabunense para uma verdadeira guerra ao mosquito aedes aegypti transmissor da dengue, chikungynia e zika vírus.

A ação desenvolvida pelos agentes pretende não apenas combater e eliminar o vetor destas arboviroses a partir do tratamento nos reservatórios, mas também sensibilizar e orientar as pessoas  sobre os cuidados e formas simples para prevenir que o mosquito se desenvolva e faça vítimas, eliminando locais para a sua  reprodução.

O presidente da Associação dos Moradores do Carlos Silva, Cosme Pereira Alves elogiou o trabalho das equipes da Secretaria da Saúde intensificando a ação de combate à dengue através de visitas domiciliares, num trabalho educativo. Também caminhões e tratores da Biosanear fizeram a retirada de lixo e remoção de entulho nos três bairros.

Ele lembra que tem participado e colaborado com as ações do governo municipal inclusive distribuindo duas mil telas especiais para a cobertura de tanques domiciliares, onde está um dos pontos de maior infestação predial do aedes aegypti

A dona de casa Cláudia Santos, que já teve dengue no último surto epidêmico, também recebeu material informativo e instruções dos  agentes de endemias envolvidos na ação no bairro  Novo Fonseca: “é um trabalho muito bom e instrutivo, com orientações para que possamos estar atentos permanentemente para o combate ao mosquito, o que é uma tarefa de todos nós.”

Nenhum comentário: