SÃO JORGE AO LADO DE DEUS NOS PROTEJA

Oração Poderosa de São Jorge para Quebrar Demandas e Vencer na Vida. São Jorge, guerreiro vencedor do dragão, Rogai por nós. Ó São Jorge, meu guerreiro, invencível na Fé em Deus, que trazeis em vosso rosto a esperança e confiança abra os meus caminhos. ... Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. NOS LIVRE DESSA PANDEMIA.

Não jogue lixo no Rio Cachoeira, ele é o nosso maior patrimônio natural.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Produtores insatisfeitos com reajuste abusivo do valor da Taxa para o Transporte de Animais



O reajuste excessivo cobrado na GTA (Guia de Transporte Animal) na Bahia gerou insatisfações generalizadas entre os produtores de gado da região Sul do Estado. O prazo para a alteração do valor vence no próximo dia 28, quando o valor da guia/unidade animal passará de R$ 2,20 para R$ 4,00.
O reajuste já era esperado, tendo em vista que a mudança no valor ocorre anualmente, mas o motivo para as inúmeras reclamações que tem provocado reflexos até no meio político, de acordo com Elder Fontes, presidente da Associação dos Agropecuaristas do Sul da Bahia (ADASB), é a falta de bom senso no valor.

“Esse aumento é abusivo, é desproporcional com a realidade baiana, e nos deixa ainda mais indignados ao compararmos com o valor da GTA em outros estados: Tocantins: R$ 0,90; Minas Gerais: R$ 1,63; Sergipe: R$ 1,00; Alagoas: R$ 1,00”, destaca Elder Fontes.

O vice-presidente da ADASB, Edimar Margotto Jr, complementa frisando que se trata de um descalabro a GTA custar na Bahia R$ 4,00. “É uma luta difícil, pois o governo está insensível à crise econômica, mas é preciso não silenciar”. E finaliza destacando que o reajuste deve ser equivalente à inflação do ano, norma esta que não está sendo seguida.

De acordo com informações obtidas junto a Agência de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), no ano de 2014 o valor da GTA era R$ 1,90, em 2015 foi reajustada para R$ 2,00, em 2016 passou para R$ 2,20, e em 2017 dará um salto para R$ 4,00.

         Movimentações Políticas
Diante das insatisfações de produtores e de entidades ligadas ao setor, a Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, que é presidida pelo deputado Eduardo Salles, propôs o adiamento da data do reajuste. Ele encaminhou ofício ao Secretário de Agricultura da Bahia, Vitor Bonfim, com cópia para o diretor-geral da ADAB, Marco Vargas, solicitando a suspensão provisória do aumento e um reestudo para que o valor do reajuste seja menor.
Por - Kaline Ribeiro

Nenhum comentário: