Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

CEPLAC COMEMORA 60 ANOS SEM TER O QUE COMEMORAR

Ceplac celebra 60 anos de ciência e tecnologia a serviço do cacauA Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira - Ceplac, hoje um Departamento ligado ao Ministério da Agricultura, está comemorando nesta segunda-feria (20), 60 anos de existência, sempre em defesa da lavoura cacaueira. Agora contando apenas com dois setores: Pesquisa e Extensão, já que por falta de recursos do Governo Federal, foram extintos os de: Educação e Desenvolvimento. Foi o que ficou claro no pronunciamento do seu superintendente,  Antônio Cesar Costa Zugaib  na manhã de hoje no auditório do CEPEC.  

Na oportunidade, Zugaib, também fez uma exposição, nada positiva do órgão, que, segundo ele,  parou no tempo, após o corte dos recursos e o aparecimento da vassoura de bruxa, além de tirarem a sua hegemonia financeira.  "A Ceplac que já contou com 4500 servidores, hoje, conta apenas com 1200, mas a tendência é ficar com 600", ressaltou. Mesmo assim, reconhecendo  que o maior tesouro da Ceplac, são seus funcionários.   


A solenidade de aniversário, que estava previsto para as 8h30, só aconteceu as 9h30, com a apresentação  do coral da Ceplac, que abriu o evento com o Hino do Brasil e algumas musicas do Rei Roberto Carlos e Vinicius de Moraes, sendo muito aplaudido pelo público, que lotou as dependências do auditório. Os convidados assistiram também um vídeo preto-branco, dos anos 60, mostrando as primeiras edificações da Ceplac. Na época diz a narrativa Itabuna possuía, geograficamente, 1732 quilometras territorial. Muito diferente de hoje que só conta 510 mil.  .

A solenidade que se estendeu até às 13h, estavam presentes inúmeras autoridades municipais, estaduais e nacional, entre elas, Antônio de Anísio (AMURC), representando os prefeitos do sul da Bahia; Secretários de Estado; Senadora Lidice da Mata; Os deputados federais: Bebeto Galvão e Davidson Magalhães. O Governador Rui Costa, foi representado pelo secretário da agricultura, o itabunense, Vitor Bomfim. Enquanto ao prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, foi representado por Luís Guarnieri. À mesa também estavam representadas da UESC e da UFSB, através dos seus respectivos reitores: Adélia Pinheiro e  Naomar de Almeida Filho.


Paralelo, aos festejos aconteceu um manifesto em frente a sede da Ceplac,  Rodovia Jorge Amado, km-22, Ilhéus/Itabuna, pelo Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Federal no Estado da Bahia – (SINTSEF-BA) e pelo Conselho de Entidades Representativas dos Servidores da Ceplac, em protesto contra a direção do órgão de fechar o Centro de Extensão (Cenex). Na oportunidade eles distribuíram um panfleto e um laço de fita preto, simbolizando luto a posição do órgão.

Nenhum comentário: