Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

DEPOIMENTO DE EIKE PODE REVELAR MUITA COISA

OPERAÇÃO EFICIÊNCIA
EIKE É LEVADO PARA PRESTAR DEPOIMENTO À POLÍCIA FEDERAL
ADVOGADO DIZ QUE EM PRINCÍPIO NÃO HÁ POSSIBILIDADE DE DELAÇÃO
Publicado: 31 de janeiro de 2017 às 15:54 - Atualizado às 16:17
EMPRESÁRIO SERÁ OUVIDO POR POLICIAIS E PROCURADORES DO MPF QUE ESTÃO À FRENTE DA OPERAÇÃO EFICIÊNCIA (FOTO: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO)
Do - Diário do Poder - O empresário Eike Batista deixou no início da tarde desta terça-feira, 31, a Penitenciária Bandeira Stampa, conhecido como Bangu 9, para depor na Superintendência da Polícia Federal sobre as acusações de pagamento de propina para o grupo político do ex-governador Sérgio Cabral, reveladas pela Operação Eficiência. O empresário é acusado de pagar propina de US$ 16,5 milhões ao peemedebista por meio de contratos de fachada e ações na Bolsa de Valores de Nova York.

O advogado de Eike, Fernando Martins, disse que "a princípio não há possibilidade de delação" por parte do empresário. A declaração foi dada assim que Martins chegou à Polícia Federal. Ele aguardava a chegada de Eike, na sede da PF, na região portuária do Rio, para acompanhá-lo no depoimento.
Algumas pessoas esperavam a chegada do lado de fora e entoaram gritos de "ladrão, ladrão" no momento em que ele desembarcou, no estacionamento interno. Eike estava com uniforme de preso: calça jeans, camiseta e sandálias. Ele se entregou ontem, 30, à PF, na volta de uma viagem aos Estados Unidos às vésperas de ter sua prisão decretada.
Antes de embarcar para o Brasil, Eike sinalizou em entrevistas que pretende colaborar com as investigações, ao afirmar que vai mostrar “como as coisas são”.

Nenhum comentário: