Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

sábado, 19 de março de 2016

Apoio a impeachment de Dilma cresce e chega a 68%, diz Datafolha


Áudio de Wagner e Rui Falcão sobre prisão e nomeação de Lula é divulgado

Do - jornaldamidia.com.br - Data: 

Paulo Victor Chagas
Repórter da Agência Brasil
Após o áudio vir à tona, Jaques Wagner disse que considera “estranha” a divulgação de sua conversa com o presidente do PT (Foto: Ag. Brasil)A Justiça Federal do Paraná tornou público nesta sexta-feira (18) o áudio de uma ligação entre o presidente do PT, Rui Falcão, e o ministro da Chefia de Gabinete, Jaques Wagner, em que os dois discutem a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil. De acordo com áudio obtido a partir de grampo telefônico interceptado pela Polícia Federal, ambos comentam o pedido de prisão preventiva de Lula feito pelo Ministério Público de São Paulo, debatem a tomada de uma atitude sobre o assunto e cogitam nomeá-lo ministro.
Após o áudio vir à tona, Jaques Wagner disse que considera “estranha” a divulgação de sua conversa com o presidente do PT (Foto: Ag. Brasil)
O telefonema ocorreu no dia 10 de março e foi anexado ao processo da Operação Aletheia, que investiga o ex-presidente e familiares, após decisão do juiz federal Sérgio Moro. No diálogo, Rui Falcão diz que o governo precisa tomar “alguma iniciativa” diante da iminência de uma juíza da 4ª Vara acatar o pedido do MP de prender o ex-presidente. Jaques Wagner, que, quando do telefonema, era o ministro-chefe da Casa Civil, debate com o presidente do PT o que poderia acontecer se Lula fosse nomeado ministro naquele mesmo dia.
Rui Falcão afirma que o ex-presidente não havia se decidido se aceitaria o cargo, mas que “todo mundo [o] pressionou”. Depois, Jaques Wagner diz: “Eu acho que tem que ficar cercado em torno do prédio dele e sair na porrada”. Por fim, os dois combinam de conversar depois de o ministro conversar com Dilma.
Ouça o áudio Wagner x Rui Falcão:

Delcídio: “Lula comandava o esquema”


Delcídio do Amaral, ex-líder do governo, diz que tanto Lula como Dilma tinham pleno conhecimento da corrupção na Petrobras — e, juntos, tramaram para sabotar as investigações, inclusive vazando informações sigilosas para os investigados


Delcídio do Amaral
O Senador Delcídio do Amaral(Jefferson Coppola/VEJA)
Da - veja.abril.com.br - O senador Delcídio do Amaral participou do maior ato político da história do país. No domingo 13, ele pegou uma moto Harley-Davidson, emprestada do irmão, e rumou para a Avenida Paulista, onde protestou contra a corrupção e o governo do qual já foi líder. Delcídio se juntou à multidão sem tirar o capacete. Temia ser reconhecido e hostilizado. Com medo de ser obrigado pela polícia a remover o disfarce, ficou pouco tempo entre os manifestantes, o suficiente para perceber que tomara a decisão correta ao colaborar para as investigações. "Errei, mas não roubei nem sou corrupto. Posso não ser santo, mas não sou bandido." Na semana passada, Delcídio conversou com VEJA por mais de três horas. Emocionou-se ao falar da família e ao revisitar as agruras dos três meses de prisão. Licenciado do mandato por questões médicas, destacou o papel de comando de Lula no petrolão, o de Dilma como herdeira e beneficiária do esquema e a trama do governo para tentar obstruir as investigações da Lava-Jato. O ex-líder do governo quer acertar suas contas com a sociedade ajudando as autoridades a unir os poucos e decisivos pontos que ainda faltam para expor todo o enredo do mais audacioso caso de corrupção da história. A seguir, suas principais revelações.

PSDB CONSIDERA DECISÃO DE MENDES CONTRA LULA 'VITÓRIA DOS BRASILEIROS'

OPERAÇÃO LAVA JATO
PSDB CONSIDERA DECISÃO DE MENDES CONTRA LULA 'VITÓRIA DOS BRASILEIROS'
DECISÃO ACATOU DUAS AÇÕES, UMA DO PSDB E OUTRA DO PPS
Publicado: 19 de março de 2016 às 12:26

O presidente do PSDB, senador Aécio Neves (PSDB-MG), e o PSDB destacam em suas páginas no Facebook a decisão do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, de suspender a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro-chefe da Casa Civil. Mendes determinou na noite de sexta-feira, 18, que as investigações sobre o ex-presidente relativas à Operação Lava Jato sejam retomadas pelo juiz federal Sérgio Moro. A decisão acatou duas ações, uma do PSDB e outra do PPS.

"O STF decidiu suspender a nomeação do ex-presidente Lula para o cargo de ministro da Casa Civil. A decisão foi tomada pelo ministro Gilmar Mendes, que acatou duas ações, uma do PSDB e outra do PPS. Com isso, Lula deixa de ter o foro privilegiado e volta a ser investigado pelo juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato", apontou Aécio em sua página, remetendo informe do PSDB, que divulga a informação no Facebook sob o título 'mais uma vitória dos brasileiros'.(AE)

MANIFESTAÇÕES DO PT TEVE "LANCHES" PARA OS PARTICIPANTES

MANIFESTAÇÕES OFICIAIS
TOTAL DE MANIFESTANTES PRÓ-DILMA CORRESPONDE A 16% DOS FILIADOS AO PT
PT TEM 1.756.837 FILIADOS, MAS SÓ FORAM ÀS RUAS 275 MIL PESSOAS
Publicado: 19 de março de 2016 às 13:30 - Atualizado às 13:52
AALÉM DE ÔNIBUS FRETADO, CACHÊ E INDUMENTÁRIA, OS "MANIFESTANTES" RECEBERAM LANCHE DOS ORGANIZADORES.
Do - diário do poder - As cerca de 275 mil pessoas que segundo as polícias militares estaduais se manifestaram em todo Pais, favoráveis ao PT e ao governo Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (18),  representam menos de 16% do total de filiados ao partido. Segundo informa a própria página oficial do PT na internet, o partido reúne atualmente 1.756.837 filiados.

STF suspende posse de Lula e mantém investigações com Moro


Leia mais sobre esse assunto em oglobo.globo.com -suspende-posse-de-lula-mantem-investigacoes-com-moro.  


BRASÍLIA — o Globo -  O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), colocou um ponto final na guerra de liminares que se arrasta desde quinta-feira e suspendeu nesta sexta-feira a posse do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil. A decisão — tomada poucas horas depois de as manifestações em favor do governo Dilma ocorrerem em todos os estados e no DF — prevalece em relação às liminares da primeira instância e vale até que o plenário do STF julgue o caso de forma definitiva. Isso não deve acontecer tão cedo, já que não haverá sessões no tribunal na semana que vem. Gilmar também decidiu que as investigações contra Lula devem ficar nas mãos do juiz federal Sérgio Moro, que conduz a Lava Jato na primeira instância de Curitiba.
O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, anunciou que recorrerá da decisão do ministro Gilmar Mendes ao próprio STF. Ele disse que há problemas processuais e de mérito a serem questionados.

FERNANDO GOMES PREFEITO DE ITABUNA

O ex-deputado constituinte e ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes concedendo entrevista, hoje 19, ao programa de "Maria Alice", através dos microfones da Rádio Jornal de Itabuna, anunciou que realizará no próximo dia 23, quarta-feira, a sua  pré-candidatura como Prefeito de Itabuna.

Atendendo vários telefonemas de ouvintes, pedindo o seu retorno, Fernando Gomes informou que o evento será realizado na sede da USEMI, Bairro São Caetano, às 18h. Na oportunidade, convidou a todos os itabunenses. Muitos ouvintes que participaram do programa foram unânimes em pedir o retorno de Fernando Gomes, reconhecendo o seu trabalho.

Fernando sobre o problema da água salgada em Itabuna, disse que com um ano ele resolveria este problema, pois é inadmissível, o povo de Itabuna beber água salgada. Já que estamos falando em água salgada, o Governo Federal mandou, semana passada, 3,8 milhões para  o setor e, até o momento ninguém sabe em que está sendo aplicado este dinheiro!      

DILMA CADA VEZ MAIS SE COMPLICA

LAVA JATO
DELAÇÕES INDICAM ELO DE DILMA COM O ‘ELETROLÃO’
DELCÍDIO E EMPREITEIRO LIGAM DILMA A ESCÂNDALO DO SETOR ELÉTRICO
Publicado: 19 de março de 2016 às 00:01 - Atualizado às 03:27
DELCÍDIO E OTAVIO AZEVEDO LIGAM DILMA AO ESCÂNDALO DO "ELETROLÃO"
Do - Diário do Poder - As delações do senador Delcídio do Amaral e do executivo Otavio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, permitiram à Operação Lava Jato estabelecer a ex-ministra Erenice Guerra e um escritório de advocacia como elos que ligam a presidente Dilma ao escândalo do “Eletrolão”, envolvendo negócios de estatais do setor elétrico. E com destaque para as obras de R$19 bilhões da hidrelétrica de Belo Monte.
A suspeita é que negócios de Belo Monte eram tratados no escritório Trajano e Silva Advogados, com participação de familiares de Erenice.
Delcídio do Amaral revelou detalhes importantes do esquema chefiado por Erenice Guerra até sua destituição da Casa Civil do governo Lula.
Após Erenice deixar o governo em meio a um escândalo, os delatores dizem que o escritório de advocacia foi desmontado em apenas 2 dias.
Sócio do escritório de advocacia ligado a Erenice, Alan Trajano foi acolhido por Dilma na Casa Civil, e a assessora sobre o setor elétrico.

sexta-feira, 18 de março de 2016

RENAN EXONERA ASSESSOR DE DELCÍDIO

QUEBRA DE CONFIANÇA
RENAN EXONERA ASSESSOR DE DELCÍDIO DO AMARAL QUE GRAVOU MERCADANTE
O CHEFE DE GABINETE DO SENADOR TAMBÉM FOI EXONERADO
Publicado: 18 de março de 2016 às 12:06 - Atualizado às 13:06

Do- Diário do Poder - O assessor de imprensa, José Eduardo Marzagão, do senador Delcídio do Amaral (sem partido) foi exonerado nesta sexta-feira (18). A ordem foi do presidente do Senado Federal Renan Calheiros (PMDB), a justificativa foi quebra de confiança.
Marzagão foi quem gravou dois diálogos, sobre Delcídio, com o ministro da Educação, Aloízio Mercadante. Os investigadores da Operação Lava Jato consideraram que a conversa foi uma tentativa, por parte de Mercadante, de evitar que Delcídio fizesse a delação premiada.
O assessor declarou a Agência Brasil, que acredita que Renan o exonerou por um pedido de Dilma e Mercadante, sendo assim essa uma atitude política.
Também foi exonerado o chefe de gabinete de Delcídio, Diogo Ferreira Rodrigues, que foi preso junto com o senador em novembro, no âmbito da Operação Lava Jato.