terça-feira, 6 de setembro de 2016

Settran define esquema do trânsito para desfile do Sete de Setembro


            A Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran) definiu nesta segunda-feira, dia 5, o esquema do trânsito do perímetro central de Itabuna para a realização do desfile de Sete de Setembro, que neste ano comemora 194 anos da Independência do Brasil como o tema “Educação para a paz é a gente que faz”. A partir das 6 horas da manhã desta quarta-feira, dia 7, as Avenidas do Cinquentenário e Fernando Cordier serão fechadas ao tráfego de veículos até o final do desfile.

            O coordenador de Trânsito da Settran, Lucas Ferreira, explica que, além do fechamento das vias, nenhum veículo deverá estar estacionando ao longo da Avenida do Cinquentenário. “A partir das 6 horas estaremos com 40 agentes da Settran fazendo toda a organização do esquema tático do trânsito e orientando motoristas e motociclistas sobre as vias alternativas”, disse.

            O bloqueio das duas avenidas na zona central da cidade se destina a garantir a segurança do público e dos participantes do desfile civil. “Orientamos os motoristas e motociclistas para que cumpram as determinações da Settran e não deixem os veículos estacionados na Avenida do Cinquentenário para evitar a remoção”, destacou o coordenador Lucas Ferreira, destacando que não haverá problemas à fluidez no trânsito que será feito por vias alternativas.

             O desfile cívico será aberto às 8 horas, no palanque oficial, na Praça Otávio Mangabeira (Camacan), centro da cidade, com o hasteamento de bandeiras pelo prefeito de Itabuna, Claudevane Leite. Às 8h15min, o prefeito passa em revista às tropas, na Avenida Fernando Cordier, próximo às quadras poliesportivas da Ponte do São Caetano.

            A seguir, na Avenida do Cinquentenário, começa o desfile das instituições militares e civis, como Tiro de Guerra 06/007, 15º Batalhão da Polícia Militar e Colégio da Polícia Militar, saindo do Jardim do Ó. Em seguida desfilará instituições da sociedade civil e escolas das redes municipal e estadual de ensino.
Da comunicação da Prefeitura

Nenhum comentário: