DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

sábado, 10 de setembro de 2016

Governo do PT da Bahia deve R$ 60 milhões a empresas que alugam viaturas

Governo da Bahia deve R$ 60 milhões a empresas que alugam viaturas as policias


O depultado Adonfo Viana (destaque) disse que o último pagamento  se deu em fevereiro [de 2016.
O depultado Adonfo Viana (destaque) disse que o último pagamento se deu em fevereiro [de 2016.
pagamento de empresas que fornecem viaturas para a Polícia Militar do estado está atrasado pelo governo do estado. O caso foi denunciado aos deputados estaduais da oposição. Três das principais empresas terceirizadas para o funcionamento da frota de veículos da polícia, estão sem receber pagamento entre seis a oito meses.
Os valores podem chegar a R$ 60 milhões de reais, com dívidas às seis empresas.

“Se o governo não paga às empresas que cuidam de uma área tão essencial e sensível como a da segurança só nos resta concluir que chegamos ao caos”, ponderou o deputado estadual Adolfo Viana (PSDB), questionando de que forma, enfim, estão sendo tratadas as finanças do governo e quem responderá à sociedade e ao parlamento pelas denúncias que estão sendo levantadas.
Com base nas informações do Transparência Bahia, da SEFAZ, três das principais empresas terceirizadas para o funcionamento da frota de veículos da polícia, estão sem receber vencimentos entre seis a oito meses.
Viana sustentou que as empresas Locadora Contim, Longbeach Veículos e LM Transporte estão entre as que estão sem receber. “O último pagamento para as duas primeiras empresas, segundo a Transparência Bahia, se deu em fevereiro [de 2016]. O último pagamento para a LM que é uma das principais fornecedoras de veículos do Estado foi em maio [deste ano]”.

Nenhum comentário: