segunda-feira, 12 de setembro de 2016

Cacá Colchões visita Inema e recebe apoio da população

Clique para obter Opções

A Onda Azul da coligação “Avança, Ilhéus”, do candidato a prefeito de Ilhéus Cacá Colchões, invadiu no domingo (11) o distrito de Inema, localizado a 82 km do centro da cidade. Acompanhado do vice Rodrigo Cardoso, Cacá participou da missa em homenagem à Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de uma reunião com moradores e lideranças locais e finalizou as atividades com uma caminhada pelas ruas da comunidade.
Durante visita a Inema, Cacá Colchões apresentou suas propostas à comunidade, que se sentiu acolhida e viu em Cacá a esperança de mais avanços para o distrito. Para o jovem morador, Caíque Santos, Cacá é um candidato que entende o povo. “Até hoje, ele é a única pessoa que vi com postura e dignidade para trabalhar. Ele entende a necessidade da população”, declarou. Gerson Vieira justificou seu voto. “Conheço Cacá há muito tempo e ele é a mesma pessoa fora ou dentro da política, por isso voto 11. É Cacá!”, garantiu. Rosina Maria de Jesus, moradora de Inema, acompanhou a caminhada e confirmou seu voto. “Ele é um homem que merece meu voto. Confio nele”.

Cacá Colchões apontou a necessidade de implantar alternativas de esporte, cultura e lazer para os jovens do distrito. “Hoje temos uma quadra de esporte em construção que, em breve, será entregue à comunidade e não iremos parar por aí”, destacou o candidato. Atualmente o município conta com a reforma de 18 postos de saúde, 36 escolas e a compra de uma usina asfáltica e firmou um novo compromisso. “Em seis meses de governo, comprarei uma patrulha mecânica para atender as estradas dos nossos distritos”. Entre as propostas de Cacá está o asfaltamento das principais estradas do interior de Ilhéus, com recursos próprios do município. “Isso será possível por que mudamos o jeito de governar. Compramos a usina e passamos a economizar”, garantiu.
Cacá Colchões também expôs a necessidade de olhar mais para os distritos do município. “Ilhéus possui 52 distritos, vilas e povoados. Aproximadamente 25% da população mora em zona rural, por isso é necessária a criação de projetos que atendam as demandas dessas pessoas”. Cacá afirmou que seu governo será participativo, pois é de extrema importância ouvir o que a população tem a dizer e ressaltou não será um prefeito de gabinete. “Em um turno estarei na rua fiscalizando as obras e dialogando com os ilheenses sobre melhorias para a cidade”.

Nenhum comentário: