DIGNIDADE

De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto. Rui Barbosa


FEIJOADA DO ALBERGUE BEZERRA DE MENEZES NA AABB, DIA 19 DE NOVEMBRO AO MEIO DIA. VALOR R$25,00 ADQUIRA O SEU BILHETE E CONTRIBUA COM QUEM PRECISA. TELEFONES (73) 3215-1511 E 9-8889-0991 E FAÇA UMA BOA AÇÃO!

sábado, 6 de agosto de 2016

Temer declara Jogos Rio 2016 abertos.

Sob vaias e aplausos, Temer declara Jogos Rio 2016 abertos.


Sob vaias e aplausos, o presidente interino Michel Temer declarou abertos os Jogos Olimpícos da Rio 2016. O presidente interino fez a declaração da tribuna de onde assistiu a cerimônia de abertura no Maracanã, após os discursos dos presidentes do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Nuzman, e do Comitê OlímpicoInternacional (COI), Thomas Bach.
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o presidente do COI, Thomas Bach, e o presidente interino, Michel Temer, na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Beto Barata/PR)
O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o presidente do COI, Thomas Bach, e o presidente interino, Michel Temer, na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016, no Maracanã (Beto Barata/PR)
“Após esse maravilhoso espetáculo, declaro abertos os Jogos Olímpicos do Rio”, disse Michel Temer.
Conforme protocolo divulgado pela organização à imprensa na tarde de hoje (5), o nome de Temer deveria ter sido anunciado junto com o de Thomas Bach no início da cerimônia. Porém, isso não ocorreu. Depois do desfile das delegações de atletas, os presidentes do COI e do COB fizeram breves discursos e não mencionaram o nome do presidente interino ao cumprimentarem as autoridades.

Procurado pela reportagem sobre o fato de o presidente interino não ter sido apresentado no início da cerimônia, como estava previsto no protocolo, o Palácio do Planalto informou que não iria se manifestar sobre o assunto.
Temer acompanhou a cerimônia ao lado de Thomas Bach e do secretário-geral das Nações Unidas, Ban ki-moon. O presidente interino aplaudiu de pé a entrada da delegação brasileira, a última a desfilar.

Nenhum comentário: