sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Definida a programação do Dia Internacional do Cacau

Palestras e as tradicionais premiações de Cacauicultor do Ano e Produtor Familiar, além de Produtor de Chocolate e Jovem Empreendedor Rural, são os destaques da programação do Dia Internacional do Cacau, que será realizado no dia 04 de setembro próximo pela CEPLAC/Mapa – Superintendência da BA e ES.

O evento que este ano será comemorado excepcionalmente no 1º domingo de setembro, em decorrência da seca que assolou o Sul da Bahia, terá como tema: “CEPLAC: Do Cacau ao Chocolate”.


Essa data comemorativa foi criada em Turrialba, Costa Rica, em 1958, por sugestão do cientista americano Robert Fowler, durante uma Conferência Internacional do Cacau, que reuniu especialistas de todo o mundo.

 
O lançamento da Programação à imprensa regional aconteceu na última quarta-feira, 3, no auditório do setor de Relações Públicas, localizado na sede regional da instituição (km-22 da Rodovia Ilhéus/Itabuna), em um encontro dos dirigentes  da CEPLAC com os profissionais de comunicação e parceiros num Chocolate Matinal.    

Na oportunidade, após a exibição de um vídeo institucional, os dirigentes Carlos Alexandre (Superintendente para BA e ES), Adonias de Castro (Chefe do Centro de Pesquisas e Extensão Rural do Cacau) e Antonio Zugaib (Chefe de Planejamento da Superintendência), repassaram os detalhes sobre a programação.

Sobre o Dia Internacional do Cacau, Carlos Alexandre, ressaltou que “o evento é um importante canal de comunicação com a sociedade e uma oportunidade de compartilhar e debater com os produtores as políticas públicas e as novas tecnologias para a cacauicultura”.


Segundo Adonias Castro, os temas que serão abordados durante o evento são muito oportunos e quando se pensa do Cacau ao Chocolate “nós analisamos que nessa cadeia alimentar existe um potencial de renda que o produtor de cacau ainda não se beneficia. Precisamos prepará-lo para que ele chegue até a ponta do mercado aumentando substancialmente a renda de um negócio que nasce na sua propriedade”.

 
Ao recepcionar os profissionais de comunicação, Antonio Zugaib explicou a opção pelo tema central - “CEPLAC: Do Cacau ao Chocolate” e agradeceu aos parceiros que estão apoiando o evento: MARS – Centro de Ciência do Cacau, Cargill, COOPEC, Instituto Arapyaú, Olam Cocoa (antiga JOANES), COOFASULBA (Cooperativa da Agricultura Familiar), Gráfica Mesquita, Casa do MDF, M 21, Casa do Japonês, Mercado do Cacau, SEBRAE, Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Pesca e Aquicultura - Estado da Bahia.

O chefe de Planejamento da Superintendência concluiu, abordando sobre as palestras da programação e informando que nesse ano os temas foram escolhidos baseados nos objetivos estratégicos contidos no Plano de gestão da Ceplac.

Palestras programadas:  - “Tendências e Inovações no Processamento de Chocolate” - (Arali Cunha de Aguiar Pedroso);  - “Sustentabilidade na MARS – Projeto Barro Preto/Conservação Produtiva” - (Leonardo Celso Costa Cabral);  - “O Parque Científico e Tecnológico do Sul da Bahia e seu papel no Desenvolvimento Regional” - (Cristiano Villela Dias).


Durante o lançamento da programação tivemos ainda a participação do chefe dos Serviços de Assistência Técnica e Extensão Rural, João Henrique, que explicou os critérios das premiações de Cacauicultor do Ano e Produtor Familiar e também dos destaques de Produtor de Chocolate e Jovem Empreendedor Rural.

Por -  José Carlos Peixoto
Fotos: Águido Ferreira
Reportagens: José Hamilton
Assessoria de Comunicação da Ceplac

Nenhum comentário: