quarta-feira, 20 de julho de 2016

DILMA ROUSSEFF É LIBERADA POR MORO PARA TESTEMUNHAR


AVA JATO
DILMA ROUSSEFF É LIBERADA POR MORO PARA TESTEMUNHAR EM DEFESA DE ODEBRECHT
JUIZ LIBERA DEPOIMENTO DE DILMA PARA ODEBRECHT, MAS ELA NÃO VAI
ODEBRECH ESTÁ PRESTES A FECHAR O ACORDO DE DELAÇÃO PREMIADA DE SEUS EXECUTIVOS, ENTRE ELES O EX-PRESIDENTE MARCELO ODEBRECHT (FOTOS: AE E RICARDO STUCKERT)

Do - DiáriodoPoder - O juiz Sérgio Moro liberou nesta terça-feira, 19, a presidente afastada Dilma Rousseff de testemunhar em defesa do empreiteiro Marcelo Bahia Odebrecht na Operação Lava Jato. Dilma prestaria depoimento por escrito. A própria defesa do empresário desistiu de arrolar a petista.
Além de desistência de Dilma, Marcelo Odebrecht cancelou todos os outros depoimentos marcados. No documento encaminhado ao juiz, os advogados do empreiteiro alegam motivos “sigilosos”.
Apesar de negar, a Odebrech está prestes a fechar o acordo de delação premiada de seus executivos com o Ministério Público Federal, inclusive do ex-presidente Marcelo Odebrecht.
A assinatura do acordo, depende, no entanto, de acertos finais, entre eles que a Odebrecht recupere e apresente arquivos digitais da empresa contendo provas do pagamento de propina a políticos e autoridades.

Nenhum comentário: