Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio. Não jogue lixo em seu leito. Povo limpo, cidade civilizada... Vamos preservar a nossa história.

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

QUATRO ASSASSINATOS SÓ EM UMA NOITE EM ITABUNA

A questão da segurança pública em Itabuna parece não existir, culpa que recai sobre o Estado que tem o dever constitucional de proteger o cidadão, o que está sendo suplantado pela inércia. Com isso a criminalidade tem crescimento avassalador, assim como os assaltos, neste município, que parecer ter sido esquecido pelos governos.

Por causa disso, aumentam os assaltos na cidade e a criminalidade. Como exemplo, no centro da cidade e nos bairros, principalmente, nas praças, os “batedores de carteiras” fazem o que querem. Com maior índice nos bairros: Califórnia e São Caetano. E, tudo isso, na cara dos postos policiais. Geralmente, esses bandidos, atacam em dupla, usando o fator surpresa e usam como transporte uma bicicletas!.


Essas ocorrências por ocasião da tradicional “Lavagem do Beco do Fuxico” deixou muitas pessoas sem suas carteias de documentos e dinheiro. Ontem, mesmo, fomos testemunha ocular de uma dessas “batida de carteira” ocorrida na Rua Minas Gerais, 35, Califórnia, quando uma dupla, bateu a carteira de um senhor de idade. Retirou o que eles queriam, e jogou a carteira ao chão, dizendo a vitima:  “perdeu, estou de boa!”, “estou de boa!”... A reação do cidadão foi perplexidade! E, deu sorte, pois o ladrão deixou sua carteira e por pouco não houve agressão. Muitas, dessas vitimas não registraram “o BO” porque, segundo eles, não adianta.

Já os assassinatos não tem jeito! No mês anterior foram mortos na cidade 15 pessoas, ou seja, um, a cada dois dias. E pelo andar da carruagem, este mês, o índice vai ser bem maior, porque só na noite de ontem (02), quatro pessoas foram assassinadas a bala nos bairros: São Caetano, Banco Raso (BNH) e dois no Bairro Mangabinha. As autoridades de segurança precisam cobrar do Estado maior atenção a essa questão em Itabuna.


Veja mais sobre os assassinatos: www.verdinhoitabuna.com.br


Final da noite de terça-feira (02), às 23h57min, o Verdinho Itabuna recebia informação que uma pessoa teria sido morta a tiro no bairro banco Raso, “fundos da Prefeitura Municipal de Itabuna”.

Quando o verdinho chegou à cena do crime, a Polícia Militar já fazia isolamento do local. Ao redor do corpo do jovem identificado como Cesar dos Santo Alves, 21 anos, havia alguns moradores informando que o jovem não tinha envolvimento no mundo do crime. Cesar morava com a mãe no condomínio BNH no mesmo bairro aonde foi assassinado. 
Adolescente que estava com Cesar - short lilás 
De acordo com informações de uma adolescente de 15 anos, que estava com Cesar no momento do crime, o jovem foi morto inocentemente, "eu estava com ele logo ali na esquina, quando um homem em uma moto preta se-aproximou, eu corri e me escondi, o homem pediu o celular dele, e depois devolveu, ele botou o celular no bolso de Cesar e deu um tiro, Cesar correu e caiu logo ali na frente, o homem da moto ainda passou perto dele bem devagarzinho e foi embora sem levar nada", relatou a adolescente para polícia. Pelo menos três moradores confirmaram o que adolescente falou.

No local havia alguns moradores revoltados com a violência e a falta de segurança no bairro, “só hoje já foram tomado 13 celulares de assalto, e agora a noite acontece uma tragédia dessas, esse menino era trabalhador, ele trabalhava no Itão", relatou um morador em voz alta na cena do crime.

No momento que a Pericia Técnica fazia o levantamento cadavérico, recebia informação de outo assassinato no bairro São Caetano.

Cesar  foi à terceira vítima de arma de fogo em Itabuna nesta terça-feira (02). A polícia de Itabuna vai investiga o crime.


Um homem de idade ainda desconhecida, identificado apenas como Damasceno morador do bairro Fonseca, foi a quarta pessoa assassinada em Itabuna em menos de 12 horas. O crime aconteceu na praça do bairro São Caetano por volta de 01h30mim desta quarta-feira (03). 

Praticamente a cena foi a mesma que aconteceu no bairro Banco Raso, Damasceno também estava com uma adolescente de 15 anos no momento que foi assassinado, de acordo com a adolescente que também é moradora do bairro Fonseca, o homem que atirou contra Damasceno, também estava em uma moto preta, “eu vim com ele aqui na praça tomar um suco, quando nós já estava indo embora, passou esse homem sozinho nessa moto preta, ele parou um homem ali perto da barraca da feira, e depois voltou em nossa direção, o homem da moto mandou Damasceno levantar os braços e foi logo atirando contra ele, eu corri, e logo mais na frente escutei outro tiro, o homem da moto preta e camisa vermelha foi embora como se nada estivesse acontecido".

O nosso repórter perguntou a adolescente se Damasceno tinha envolvimento com crimes, mais ela não soube informar. A vítima foi morta por dois tiros, um no peito esquerdo, e outro na cabeça, atrás da orelha esquerda. 

O corpo de Damasceno foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT).

Com a morte de Damasceno, Itabuna já registra 20 homicídios neste ano de 2016. Quinze pessoas foram assassinadas em janeiro, e cinco em fevereiro em apenas três dias.
Agora só resta saber quem é esse homem da moto preta.



Mais um homicídio  foi registrado  na noite desta terça -feira (2), sendo o segundo do dia. A vítima  identificada como Denisson de Jesus Nascimento, 26 anos, foi morta a tiros na Rua do Convento, bairro Mangabinha, Itabuna. 

De acordo com informações , os autores dos disparos  estavam em um veículo  de placa não  anotada. Cápsulas de Pistola 380 e .40 foram encontradas no chão.  Este foi o segundo o homicídio  do dia, a tarde,por volta das 15:30 um homem também foi assassinado  no mesmo bairro.

Atualizado as 22:31

De acordo com informações da família e moradores do bairro Mangabinha,  Denisson não tinha envolvimento com o mundo do crime, "ele tinha problemas mentais, tomava remédios controlado", disse uma parente da vítima no local do crime. Denisson foi atingido por pelo menos 10 tiros de pistolas 380 e ponto 40. Denisson teria completado 26 anos ontem (01).

Nenhum comentário: