Vamos salvar o Rio Cachoeira! É o nosso maior patrimônio natural. Não jogue lixo em seu leito.

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Instalada em Ilhéus a Sala de Situação de Combate ao Aedes aegypti

As ações iniciais contarão com a participação de agentes municipais, técnicos do Estado e representantes da Marinha, do Exército, da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, entre vários outros.

O Município de Ilhéus instalou oficialmente, na manhã desta quinta-feira, 11, a chamada Sala de Situação, estratégia que envolve uma série de agentes públicos, civis e militares, com a proposta de definir ações, planos e projetos visando o fortalecimento do combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, da Febre Chikungunya e do Zica Vírus. Realizada no auditório da Farmácia Pública Municipal, sediada na Rua Teodoro Sampaio, Cidade Nova, a reunião contou com a participação do vice-prefeito Carlos Machado, que representou o prefeito Jabes Ribeiro, o secretário de Saúde, Antonio Ocké, o tenente coronel Serra, comandante local do Exército, capitão de corveta Luiz Carlos, Delegado dos Portos (Marinha), a coordenadora do Núcleo Regional de Saúde Sul, Marisa Eduane, secretários municipais, agentes governamentais, além de representantes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros e de líderes comunitários.

Na oportunidade, o secretário Antônio Ocké enfatizou que a estratégia coincide, em âmbito local, com a decisão do governo federal de definir o avanço das enfermidades provocadas pelo Aedes aegypti como uma emergência nacional de saúde pública. “Além dos órgãos competentes já terem comprovado que a Zica Vírus pode transmitir a microcefalia, doença que prejudica o desenvolvimento mental das crianças, somente este ano, o nosso Setor de Vigilância Epidemiológica já notificou 220 casos de dengue, 120 casos de Chikungunya e 102 casos de Zica Vírus”, disse o titular da Sesau.
 A primeira ação definida da força-tarefa, esforço que já integra o plano nacional, é a realização, neste sábado, 13 de fevereiro, em alguns bairros da cidade, de um grande Dia de Mobilização contra o Zica Vírus. De acordo com Antônio Firmo, diretor de Vigilância à Saúde da Prefeitura de Ilhéus, será uma intervenção conjunta, envolvendo o Exército, a Marinha, a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, com o objetivo de mobilizar e conscientizar a população.
 Segundo Firmo, a ideia é que o grupo trabalhe em três grandes áreas de Ilhéus, cuja infestação do Aedes é mais significativa: Nossa Senhora da Vitória, Nelson Costa e cercanias do Aeroporto Jorge Amado; Teotônio Vilela e Terminal Urbano; e, por último, Malhado e Central de Abastecimento. “Durante todo o dia de sábado, estaremos realizando a distribuição de panfletos educativos, além de uma mobilização prática. Ou seja, se encontrarmos criadouros do mosquito, que, muitas vezes, são depósitos descartáveis, nossos agentes da dengue, que estarão paramentados e municiados de luvas e   sacos plásticos, farão o recolhimento desses prováveis focos”, afirmou.
 Esforços - Após informar que deverão participar da ação deste sábado cerca de 180 pessoas, Antônio Firmo lembra, ainda, que, no período de 15 a 18 deste mês, equipes mistas continuarão desenvolvendo uma série de atividades contra a proliferação do Aedes aegypti. “Além dos esforços de conscientização, nos bairros já mencionados, terá prosseguimento, nas unidades domiciliares, um trabalho de combate ao mosquito”, disse o diretor de Vigilância à Saúde, ressaltando que a média de infestação atual do município de Ilhéus é de 6,7, bem acima do índice máximo de 1% recomendado pelo Ministério da Saúde.
 Firmo destacou, como uma ação de grande importância do governo municipal, a inauguração, também na manhã desta quinta-feira, 11, de uma unidade de Pronto Atendimento (PA). “Esta já era uma demanda antiga e, por isso, integrava o chamado plano de contingência, instrumento que reúne as abordagens necessárias para enfrentarmos o problema. Dentro desse plano de contingência, estava o PA”, explicou, adicionando que a unidade já está aberta na Travessa Santa Isabel, artéria que liga a avenida Bahia à avenida Soares Lopes. Segundo ele, o PA vai funcionar, com técnicos e médicos, de segunda a sábado, sempre no horário das 7 às 19 horas”, garantiu.
 Ilhéus em Ação – Durante a reunião, o vice-prefeito Carlos Machado (Cacá) informou que, com a finalidade de aumentar ainda mais a luta contra o mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zica Vírus, o prefeito Jabes Ribeiro estará lançando na tarde desta sexta-feira, 12, durante encontro com seu secretariado municipal, a partir das 16 horas, na Sede Administrativa da Conquista, o “Ilhéus em Ação no Combate ao Aedes Aegypti”. “Estaremos ainda mais integrados a este grande esforço que visa reduzir de forma significativa, na nossa cidade, o nível de infestação do transmissor da dengue”.    
 Também participaram da reunião, que instalou de forma oficial a Sala de Situação de Combate ao Aedes aegypti, a diretora do Núcleo Regional de Saúde Sul – Ilhéus (antiga Dires), Marisa Eduane Pinheiro, os secretários Jamil Ocké, de Desenvolvimento Social, Roberto Garcia, Indústria e Comércio (Sedic), Valério de Magalhães, Comunicação Social (Secom), Isaac Albagli, Infraestrutura, Transporte e Trânsito (Seintra) e César Benevides, Serviços Públicos (Secsurb), além da coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Luiza Maron e do chefe da Fiscalização Ambiental da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Sema), Paulo Fonseca, entre vários outros técnicos e agentes.
 Da Secretaria de Comunicação Social

Nenhum comentário: